Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê é cestinha, mas Denver é derrotado pelo Clippers

Pivô brasileiro joga bem, faz "double-double", mas Nuggets perde série de três vitórias seguidas na temporada

iG São Paulo |

AP
Nenê faz a cesta para o Denver

A grande atuação do brasileiro Nenê Hilário para manter o bom momento do Denver Nuggets na temporada. Apesar do "double-double" do brasileiro, a equipe do Colorado foi superada fora de casa pelo Los Angeles Clippers por 100 a 94 na noite deste sábado e viu sua série de três vitórias consecutivas ruir.

Nenê fez uma ótima partida. O pivô brasileiro foi o cestinha do jogo com 25 pontos. O jogador ainda pegou 14 rebotes que não serviram para evitar o 27º revés do Denver no campeonato. Quinto lugar na Conferência, o Nuggets vinha de três vitórias seguidas e foi surpreendido pelo 13º colocado. Foi a 23ª vitória do time de Los Angeles em 63 jogos.

A explicação para a vitória dos donos da casa passa pela ótima atuação de Blake Griffin. O jovem pivô ficou próximo de um "triple-double". Foram 18 pontos, 14 rebotes além de nove assistências para o pivô. No entanto, o cestinha da equipe foi o armador reserva Eric Bledsoe com 20.

Outra chave para o triunfo do Clippers foi o bom desempenho nos arremessos de longa distância. Foram oito acertos em 19 tentativas contra três convertidas pelo Denver. Os destaques nesta estatística foram os armadores Randy Foye e Mo Williams. Cada um acertou três dos cinco tiros que fizeram.

O jogo

Jogando em casa, o Clippers começou bem a partida. O time de Los Angeles se valeu do bom desempenho ofensivo para vencer o primeiro por 30 a 23. A situação do Denver poderia ser pior no quarto inicial se não fosse a boa atuação do brasileiro Nenê Hilário. O pivô anotou dez pontos e manteve a equipe próxima no placar.

Nenê não conseguiu repetir o bom desempenho no segundo quarto. O brasileiro anotou apenas um ponto e viu o ataque do Denver falhar no período. Com apenas 15 pontos sofridos, o Clippers aproveitou para ampliar a vantagem para dez pontos antes do intervalo: 48 a 38.

Nenê voltou a comandar o Denver no começo do segundo tempo. Com oito pontos na primeira metade do terceiro quarto, o brasileiro ajudou o Nuggets a empatar o confronto. No entanto, o Los Angeles conseguiu através do bom desempenho de Blake Griffin reestabelecer a liderança para fechar o período com 71 a 65 no placar.

Logo no começo do último período o Clippers colocou a diferença entre as equipes em 13 pontos. Inspirado, Nenê comandou nova reação do Denver que chegou a ficar apenas um ponto atrás. No entanto, o ataque do Nuggets voltou a falhar e o time de Los Angeles conseguiu estabilizar a o conforto no marcador entre quatro e sete pontos até o final do duelo.

Leia tudo sobre: Nenê HilárioBlake Griffin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG