Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê anota 18 pontos e Denver quebra invencibilidade do Lakers

Kobe Bryant atingiu os 26 mil pontos na carreira, mas foi incapaz levar o time de Los Angeles à nona vitória

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860167775&_c_=MiGComponente_C

Chegou ao fim a invencibilidade do Los Angeles Lakers. A equipe foi batida fora de casa pelo Denver Nuggets nesta quinta-feira por 118 a 112 e conheceu a sua primeira derrota na temporada, depois de ter vencido os oito primeiros jogos. O time do Colorado contou com boa colaboração de Nenê para chegar ao resultado.

Titular do Denver, o pivô brasileiro esteve em quadra por 31:23 minutos. Acertou sete dos seus 13 arremessos de quadra e terminou a partida com 18 pontos. Ainda pegou cinco rebotes, deu três assistências e deu um toco.

AP
Brasileiro Nenê marca Kobe Bryant na partida desta sexta-feira na NBA

Outro atleta que apareceu bem pelo time da casa foi o armador reserva Ty Lawson, que anotou 11 dos seus 17 pontos no último quarto e ainda teve cinco assistências. Mas ninguém do Nuggets brilhou mais do que o ala Carmelo Anthony, dono de 32 pontos e 13 rebotes.

O cestinha do jogo, no entanto, atuou pela equipe derrotada. O craque Kobe Bryant fez 34 pontos e, com essa pontuação, tornou-se o mais jovem jogador da história da NBA a atingir a marca dos 26 mil pontos na carreira.

O ala-pivô Pau Gasol também teve atuação destacada. O espanhol atingiu o double-double ao somar 17 pontos e 20 rebotes no confronto. Já o ala Ron Artest aontribuiu com 18 pontos e cinco rebotes. Mas não foi o suficiente para que o Lakers permanecesse imbatível.

A liderança do jogou trocou de lado algumas vezes durante os minutos iniciais. O equilíbrio marcou a partida durante os dois primeiros quartos, com as equipes sempre próximas no marcador. O jogo estava empatado em 57 pontos restando cerca de um minuto e meio para o intervalo, mas o Lakers anotou sete dos nove últimos pontos da primeira metade e foi para os vestiários vencendo por 64 a 59.

Os visitantes chegaram a abrir 14 pontos (77 a 63) após uma bandeja de Ron Artest, com pouco mais de quatro minutos decorridos do segundo tempo. Depois disso, aos poucos, o Denver começou a se aproximar. A virada veio com uma incrível sequência de 16 pontos consecutivos no último quarto, que colocou o time em vantagem de 101 a 95, com pouco mais de sete minutos no relógio.

O Lakers ainda tentou se recuperar. Vencia por 105 a 103 com cerca de cinco minutos por jogar, mas o Nuggets engatou uma nova corrida: dessa vez, foram 11 pontos seguidos, determinantes para que a equipe sacramentasse o fim da invencibilidade dos atuais campeões.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG