Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê anota 14 pontos na derrota do Denver para o Phoenix

Equipe do pivô brasileiro vencia o jogo na primeira metade, mas foi dominado no segundo tempo e levou a virada

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860359815&_c_=MiGComponente_C

Lamar Odom diz estar cansado e passará por ressonância
  • Stoudemire cobra mais empenho dos jogadores do Knicks
  • Fábio Sormani: Acesse o blog e leia sobre o início da temporada
  • Twitter do iG Esporte: Principais notícias, fatos inusitados, vídeos e opinião
  • Atuando fora de casa, o Denver Nuggets foi batido pelo Phoenix Suns por 100 a 94. O pivô brasileiro Nenê anotou 14 pontos e pegou três rebotes durante os exatos 29:56 minutos em que esteve em quadra.

    Carmelo Anthony teve uma excelente atuação. A estrela do Denver alcançou um expressivo double-double ao somar 20 pontos e incríveis 22 rebotes. Poderia ter tido pontuação ainda maior se não tivesse errado tanto seus arremessos: acertou apenas sete dos 19 que arriscou.

    Quem comandou a vitória do Phoenix foi o ala-pivô reserva Hakim Warrick, dono de 21 pontos e três rebotes no confronto. O armador Steve Nash colaborou com 15 pontos e sete assistências, enquanto o pivô Channing Frye teve os mesmos 15 pontos e apanhou sete rebotes.

    Getty Images
    Hedo Turkoglu e Steve Nash comemoram vitória do Phoenix Suns

    Os dois times tiveram aproveitamento semelhante nos arremessos de quadra: 42,7% de índice de conversão para o Phoenix, 41,6% para o Denver. O Nuggets foi superior nos rebotes ¿ capturou 52, nove a mais do que o rival. Por outro lado, cometeu também mais desperdícios: foram 16 ao longo da noite, contra dez do Suns.

    As duas metades da partida foram bem distintas. O Denver se apresentou melhor no primeiro tempo. Com uma defesa forte, conseguiu fazer com que o adversário errasse grande parte dos seus arremessos. Foi para os vestiários liderando por 12 pontos (58 a 46).

    Mas o cenário foi totalmente diferente no segundo tempo. Foi a defesa do Phoenix que passou a dominar o confronto, limitando os visitantes a apenas 36 pontos ao longo dos dois últimos períodos. A equipe conseguiu a virada ainda antes da metade do quarto final e não permitiu mais que o oponente passasse à frente.

    O resultado deixa o Denver com campanha de 50% de aproveitamento: são cinco vitórias e cinco derrotas. O Phoenix Suns, por sua vez, disputou as mesmas dez partidas, mas venceu uma vez a mais.

    Leia tudo sobre: basquete - nba

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG