Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê anota 12 pontos na derrota do Denver para o Portland

Nuggets teve a chance de empatar nos últimos segundos, mas os arremessos de três pontos no fim não caíram

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859287100&_c_=MiGComponente_C

Fábio Sormani: Acesse o blog e leia sobre o início da temporada
  • Twitter do iG Esporte: Principais notícias, fatos inusitados, vídeos e opinião
  • O Portland Trail Blazers recebeu o Denver Nuggets e venceu por 86 a 83. O pivô brasileiro Nenê atuou pelo time do Colorado por exatos 39:35 minutos. Anotou 12 pontos, pegou sete rebotes e deu dois tocos.

    O principal pontuador do Denver foi o ala Carmelo Anthony, que marcou 18 pontos e ainda pegou oito rebotes. O astro deixou a desejar nos arremessos de quadra: errou dez dos 15 tiros que arriscou. Já o ala-armador Aaron Afflalo atingiu o double-double: 16 pontos e 11 rebotes.

    AP
    Carmelo Anthony encontra dificuldade para vencer defesa do Portland

    O Portland, que ainda não conta com o ala-armador Brandon Roy, teve LaMarcus Aldridge como principal destaque: foram 24 pontos e dez rebotes para o ala-pivô. Quem também apareceu bem pelos mandantes foi Wesley Matthews, dono de 20 pontos e dez rebotes.

    A baixa pontuação justifica-se pelo fraco aproveitamento dos dois times nos arremessos de quadra. O Blazers acertou somente 40% dos seus tiros. O Nuggets teve índice de conversão ainda pior: 38.5%. Mas o que fez a diferença em favor dos mandantes foi a superioridade nos rebotes: foram 48 coletados no total, contra 35 do oponente.

    Com uma sequência de 17 pontos consecutivos, o Denver encerrou o primeiro quarto vencendo por 28 a 16. Mas três bolas de longa distância de Matthews fizeram com que o Portland voltasse a equilibrar o jogo logo no início do período seguinte. O placar no intervalo apontava apenas dois pontos de superioridade para o Nuggets (45 a 43).

    Os mandantes passaram à frente no segundo tempo, mas não conseguiam se distanciar com folga no marcador. O jogo estava completamente indefinido a 22 segundos do fim: um lance livre de Nenê derrubou a vantagem do Blazers para apenas três pontos (86 a 83).

    Em seguida, uma bandeja errada de Aldridge permitiu ao Nuggets retomar a posse de bola com 12 segundos no relógio. Assim, os visitantes pediram um tempo para armar uma última jogada. Mas Chauncey Billups e Afflalo não tiveram sucesso nas suas investidas finais e não puderam evitar o revés.

    O resultado deixa o Portland com oito vitórias e cinco derrotas na temporada. Já o Denver Nuggets, que venceu seis jogos até o momento, conheceu sua sexta derrota.

    Leia tudo sobre: basquete - nba

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG