Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

NBB volta nesta sexta-feira depois do recesso do Carnaval

Líder Pinheiros visita o terceiro colocado Brasília, enquanto que o Flamengo, vice-líder, vai a Joinville pegar o sexto colocado

Thiéres Rabelo, iG São Paulo |

Depois de onze dias de folga para o Carnaval, o NBB volta à ativa nesta sexta-feira com sete partidas válidas pela nona rodada do returno. Em destaque, o confronto entre o terceiro colocado, Brasília, e o líder da competição, Pinheiros. E em Santa Catarina, o vice-líder, Flamengo, não quer perder os paulistas de vista, quando visita o Joinville.

Na capital federal, às 20h, o grande jogo da rodada. Tendo perdido as duas partidas anteriores, o Brasília busca se reerguer no duelo contra o líder da competição, o Pinheiros, que vem de incríveis nove vitórias seguidas.

Divulgação
Olivinha (esq), do Pinheiros, destaque do NBB

O ala Arthur Belchor, voltando de lesão no tendão, deve reforçar o campeão nacional na partida. “Vou seguir com o tratamento, junto com o treinamento da semana, mas as chances de jogar contra o Pinheiros são grandes”, afirmou Arthur.

O jogador pensa que as derrotas são coisas do passado e apenas vitórias poderão apagá-las. Para o ala, um dos destaques da equipe candanga no campeonato, com uma média de 12,1 pontos por jogo, jogar em casa, com a empolgação da torcida, será fator preponderante para acabar com o mau momento.

Pelo lado do Pinheiros, o ala Olivinha Nascimento comemora a boa fase não apenas coletiva, mas também individual. Seu nome vem sendo lembrado na disputa pelo prêmio de MVP, o melhor jogador do campeonato.

“Isso é o trabalho que vem sendo reconhecido”, disse Olivinha. “Fico muito lisonjeado. Para mim, está sendo uma surpresa. Realmente não estava esperando ser mencionado como MVP. Vou continuar trabalhando ainda mais forte pra quem sabe desbancar o Marcelinho (Machado) e conseguir o prêmio de MVP do NBB. Olivinha detém médias de 19,4 pontos por jogo e lidera a liga em rebotes por jogo, com uma média de nove.

No Ivan Rodrigues, em Santa Catarina, o Joinville busca se recuperar da derrota sofrida fora de casa na última rodada, frente ao concorrente direto Franca. Porém, a tarefa não será das mais simples: o adversário é o vice-líder, Flamengo, que venceu oito das últimas nove partidas que disputou.

A equipe carioca aproveitou-se da folga prolongada para se habituar um pouco mais à filosofia de jogo do novo treinador, o argentino Gonzalo Garcia. Esta parada foi fundamental para o comandante, que pela primeira vez teve tranquilidade para colocar em prática suas táticas de jogo.

Para Duda Machado, o time já demonstrou uma mudança de postura na última partida, contra o Paulistano. “A tendência é uma melhora ainda maior daqui pra frente”, disse Duda.

No Joinville, o treinador, Alberto Bial, comemora o retorno de contusão do ala-pivô Luis Felipe Gruber, o que deixa o time completo para o duelo. Gruber ainda sente dores no dedo, mas se diz motivado para ajudar a equipe nas próximas partidas.

O atleta, titular em todas as partidas até então, se contundiu no dia 23 de janeiro passado, na última rodada do turno, quando o Joinville recebeu o Minas. Foram sete semanas de ausência, nas quais a equipe fez oito partidas e venceu quatro delas. O confronto começa às 19h (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo do SporTV.

No Triângulo Mineiro, o Uberlândia busca recuperar-se das duas derrotas consecutivas que sofreu enfrentando o irregular Paulistano. A equipe mineira tenta entrar no grupo dos quatro primeiros, enquanto o time da capital paulista vive a quase impossível missão de se classificar às quartas de final, fato que poderá se tornar matematicamente impossível em algumas rodadas se o time não reagir.

Divulgação
Bábby Araújo, pivô do Flamengo (dir), é um dos destaques do time nesta sexta-feira em Joinville

São José, oitavo colocado, e Bauru, sétimo, fazem um interessante duelo em São José dos Campos. O time da casa venceu três das últimas quatro partidas que fez e procura manter o bom momento para subir na tabela. O Bauru vive um momento semelhante, tendo vencido quatro das últimas cinco partidas que fez, incluindo adversários de peso como Minas, Uberlândia e Brasília.

Além do luta por posições, o confronto tem um duelo particular: os irmãos Ricardo e Fernando Fischer travarão uma disputa à parte. Ricardo, do São José, é dez anos mais novo que Fernando, do Bauru.

“A gente sempre brinca sobre quem que vai fazer mais pontos, quem vai marcar melhor", disse o caçula. "Mas entrou em quadra é adversário. A gente esquece que é irmão e vira adversário. Depois, fora da quadra, é que tudo vira uma brincadeira”.

Os outros jogos da rodada são:

16h - Araraquara x Vila Velha (SporTV)
20h – Franca x Vitória
20h – Limeira x Assis

A classificação do NBB é a seguinte:

1º Pinheiros: 16-5 (76,2%)
2º Flamengo: 15-6 (71,4%)
3º Brasília: 14-6 (70%)
4º Franca: 13-6 (68,4%)
5º Uberlândia: 15-7 (68,1%)
6º Joinville: 14-8 (63,6%)
7º Bauru: 13-8 (61,9%)
8º São José: 21-9 (57,1%)
9º Minas: 12-10 (54,5%)
10º Limeira: 9-12 (42,8%)
11º Paulistano: 6-15 (28,5%)
12º Assis: 6-15 (23,8%)
13º Vila Velha: 5-17 (22,7%)
14º Vitória: 5-17 (22,7%)
15º Araraquara: 4-16 (20,0%)

 

Leia tudo sobre: PinheirosBrasíliaBábby AraújoOlivinha NascimentoNBB

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG