Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

NBA vai faturar cerca de R$ 6,3 bi, mas contabiliza prejuízos

David Stern, presidente da liga, afirmou que apenas oito das 30 franquias vão fechar no azul. Próxima temporada pode não ocorrer

iG São Paulo |

Getty Images
Comissário David Stern, presidente da NBA
O presidente da NBA, comissário David Stern, disse na quinta-feira que a liga terá um faturamento bruto nesta temporada de US$ 4 bilhões (cerca de R$ 6,3 bilhões). No entanto, ele afirmou uma vez mais que a estrutura financeira da liga tem que mudar.

“Nós ainda estamos inclinados a perder, coletivamente, algo em torno de US$ 300 milhões, o que é inferior aos US$ 370 milhões de há alguns anos e dos US$ 340 milhões do ano passado”, disse Stern. “Mas precisamos encontrar um sistema que seja bom para ambas as partes”.

O atual acordo termina no dia 30 de junho próximo. As partes estão distantes nas negociações para a renovação, o que leva a crer que não haverá a próxima temporada.

Stern afirmou também que brevemente a NBA vai apresentar nova proposta para a associação dos jogadores.

Adam Silver, vice-presidente da NBA, afirmou que os jogadores ficam com 57% da renda bruta. O que a liga vai propor, entre outras coisas, são os mesmos 57%, mas da renda líquida, pois as deduções são grandes. Silver afirmou que há algumas deduções fora do bruto que os proprietários estão autorizados a fazer.

Segundo Silver e Stern, o salário médio de um jogador da NBA é de US$ 5 milhões por temporada. O que se comenta é que as franquias querem uma redução de um terço deste valor. Por conta do atual sistema, segundo os executivos, apenas oito dos 30 times vão fechar a temporada no azul.

Entrevistado nesta sexta-feira pela ESPN durante a partida entre New York e Boston, no Madison Square Garden, Stern afirmou que está “esperançoso” quanto ao futuro. “Não confiante, mas esperançoso”, disse ele.

 

Leia tudo sobre: David SternAdam SilverNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG