Ala-pivô afirma não se sentir mais pressionado por atuar na terra natal e que só está concentrado em ajudar o Miami Heat a vencer

O ala-pivô Chris Bosh é natural de Dallas. Nas próximas três partidas da decisão da temporada 2010/11, ele terá a oportunidade de atuar na cidade natal. Mas o objetivo do jogador é impedir a festa da torcida local e ajudar o seu time, o Miami Heat, a vencer lá.

Bosh está na NBA desde 2003. Ele afirma que durante os sete anos como profissional, já visitou Dallas o número de vezes suficiente para poder se acostumar com a sensação de jogar na cidade onde nasceu.

“A emoção de jogar em casa já passou, agora eu só me concentro em vencer os jogos”, afirmou Bosh. “Já estive lá algumas vezes, disputando alguns jogos naquele ginásio. Volto para lá o tempo todo e nada mudou, as coisas e as pessoas estão do mesmo jeito. Por isso, a emoção passou. Na medida que você envelhece, jogar na cidade natal se transforma em uma tarefa”.

Somando as duas primeiras partidas das finais, Bosh acumula média de 15,5 pontos, mas tem encontrado dificuldade para converter arremessos. O atleta realizou 34 chutes na decisão até o momento e converteu apenas nove, resultando em um aproveitamento de apenas 26,5%.

O objetivo de Bosh é melhorar a produtividade nas próximas partidas e ter atuações bem melhores do que a do dia 15 de dezembro de 2003, quando visitou Dallas pela primeira vez como profissional.

“Eu tinha 19 anos, havia apenas um ano que tinha saído de casa”, declarou Bosh, que admitiu ter sentido nervosismo na ocasião. Ele acumulou 14 pontos e oito rebotes naquela partida, defendendo o Toronto Raptors. Além disso, errou uma enterrada logo no primeiro minuto do confronto.

Contudo, Bosh não possui forte identificação com o Mavericks. Ele revelou que a equipe não o empolgava e que quase não a acompanhava quando criança. “Eles lutaram durante muitos anos e sempre tentaram diferentes fórmulas. Eles continuaram tentando, até que começaram a se acertar nos últimos dez ou 12 anos”.

A história da NBA aponta que somente dois times que tiveram a oportunidade de jogar três partidas seguidas dentro de casa nas finais – como o Dallas terá neste ano – acumularam três vitórias . Bosh quer ajudar o Heat a impedir que o time da sua cidade local se torne o terceiro time a registrar tal feito.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.