Tamanho do texto

Ala-armador do Joinville vê no Minas, adversário desta quarta-feira, um time forte. Torcida, diz ele, será fundamental

O ala- armador Paulinho Boracini tem um fator motivacional ainda maior para o quinto e decisivo confronto da série de oitavas de final do NBB: o nascimento de seu segundo filho, Enrico. O jogador do Joinville foi muito saudado pelos companheiros quando todos tomaram contato com a notícia.

“É uma somatória de emoções ao mesmo tempo, que espero que seja revertida em algo de muito bom dentro da quadra, pois não existe alternativa, precisamos vencer para seguir vivo na competição”, disse Boracini. “O nascimento do meu segundo filho é uma coisa sensacional, que me motiva ainda mais a buscar esta classificação”.

O time catarinense joga nesta quarta-feira contra o Minas, em Santa Catarina.

“Os dois times já se conhecem e temos o fator positivo de jogar em casa, com apoio dos nossos torcedores, e não tem muito que se estudar agora”, disse o ala-armador. “É entrar em quadra para fazer o melhor e buscar a classificação”.

Se vencer esta série, Joinville vai encarar o Pinheiros nas quartas de final. Neste caso, sem a vantagem do mando de quadra, que tem nesta série diante do Minas.