Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Mike Miller viaja para Chicago pensando em filha recém-nascida

Ala do Miami Heat disputará quinta partida da série contra o Bulls enquanto Jaelyn, de uma semana de vida, está na UTI

iG São Paulo |

Mike Miller tentará ajudar o Miami Heat a conseguir uma vaga na final da temporada da NBA na noite desta quinta-feira, quando seu time enfrenta fora de casa o Chicago Bulls . Porém, o ala terá dificuldades para se focar no jogo enquanto vive um sério drama pessoal.

O jogador tornou-se pai pela terceira vez na semana passada, quando sua mulher deu a luz a Jaelyn. Mas a recém-nascida está na UTI de um hospital da Flórida por um problema não-revelado relacionado a complicações no parto. Desde então, Miller tem se dividido entre os treinamentos e as salas de espera do hospital.

Embora tenha sido liberado pelo treinador Erik Spoelstra para ficar com a filha, Miller optou por acompanhar o elenco na viagem à Chicago. “É duro porque eu nunca fiquei longe dela desde o nascimento”, falou o atleta. “É um momento muito difícil para mim e minha família, mas sabemos que ela ficará bem”.

Observando a gravidade da situação, Spoelstra oferece apoio total para o comandado. “Nós estamos aqui para apoiá-lo neste momento difícil”, afirmou. “Ele sabe que também somos a família dele”.

O principal pilar de suporte de Miller dentro do elenco é o seu melhor amigo e companheiro de universidade, Udonis Haslem. O ala-pivô viveu situação semelhante com seu filho no início da temporada e elogia a postura do ala, que considera um homem devotado à família.

O veterano pivô Zydrunas Ilgauskas também passou por um drama parecido em 2007, quando sua mulher deu a luz a gêmeos prematuros que faleceram dias depois. “Ele tem muita coisa passando em sua cabeça”, falou o lituano. “Você só tenta ser um bom amigo agora. Ele é um dos caras mais fortes que já vi. Tem trabalhado duro e vem jogar todos os dias”.

No jogo 4 da série , com a filha já na UTI, Miller teve uma de suas melhores atuações na temporada, saindo do banco para contribuir com 12 pontos e nove rebotes na vitória da equipe. Mas o ala diz que jogar não tem sido uma tarefa tranquila como parece pela televisão: “Não tem sido fácil, mas nós vamos passar por isso”
 

Leia tudo sobre: NBAMiami HeatChicago BullsMike MillerUdonis Haslem

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG