Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Michael Jordan e Scottie Pippen assistem juntos jogo do Chicago

Os dois maiores ídolos da história do Bulls estiveram no United Center para acompanhar a vitória do Bulls sobre o Bobcats

iG São Paulo |

Michael Jordan e Scottie Pippen formaram uma das duplas mais poderosas que a NBA já viu ao longo da história. Os dois craques foram os pilares centrais da dinastia do Chicago Bulls durante os anos 1990, que acabou por render seis títulos à franquia. Nesta terça-feira, eles estiveram juntos em Chicago. Mas desta vez, o encontro ocorreu fora da quadra.

Os ídolos do Bulls acompanharam juntos, das cadeiras do United Center, a vitória do time local sobre o Charlotte Bobcats por 106 a 94. Quando o telão do ginásio mostrou a imagem dos dois sentados lado a lado, os mais de 21 mil torcedores presentes no local se levantaram e aplaudiram de pé os ex-atletas por cerca de um minuto.

Dentro de quadra, o principal destaque da partida foi Luol Deng, que acertou dez arremessos em 19 tentados e foi cestinha da noite com 24 pontos. A presença dos dois maiores jogadores da história do Chicago na platéia serviu de inspiração para o ala.

“É ótimo ver Michael e Scottie sentados ali”, disse Deng após o jogo. “Tem sido ótimo ter Scottie nos observando durante o ano, ele comparece aos nossos treinamentos também. Mas foi ótimo também poder ver o Michael”.

Atualmente, Jordan é proprietário do Bobcats. Assim como Deng, o ala do Charlotte Gerald Wallace também tem tido o privilégio de ter o acompanhamento de um ex-craque durante a temporada.

“É muito bom tê-lo nos nossos treinos e nos assistindo do banco de reservas porque ele é o melhor jogador de todos os tempos”, afirmou Wallace. “Por outro lado, dá um pouco de nervosismo, pois ele é o chefe e sabe exatamente quando você está fazendo algo errado”.

Como reconhecimento aos serviços prestados durante a carreira, o Chicago aposentou as camisas de número 23 e 33, que eram usadas respectivamente por Jordan e Pippen. Além disso, os dois ídolos da franquia de Illinois fazem parte do Hall da Fama do basquete.

Recorde

A noite desta terça-feira foi especial para Kurt Thomas também por um outro motivo. Diante do Charlotte, o veterano pivô de 38 anos completou mil partidas de temporada regular na NBA. É apenas o 96º jogador da história da liga a atingir tal marca.

“É apenas mais uma partida, nunca pensei muito a respeito disso”, disse Thomas antes do início do jogo. “Tudo o que eu queria era jogar este esporte que amo durante o tempo que conseguir jogar”.

Leia tudo sobre: chicago bullsnbamichael jordanscottie pippen

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG