Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Miami vence o Cavs no retorno de LeBron James a Cleveland

Astro do Heat anotou 38 pontos no confronto, mas foi vaiado pela torcida do ex-time sempre que pegava na bola

Luís Araújo, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854499552&_c_=MiGComponente_C

LeBron James levou a melhor no seu reencontro com o seu ex-time. Com 38 pontos e oito assistências, o astro comandou a vitória do Miami Heat fora de casa sobre o Cleveland Cavaliers por 118 a 90. Mas, como já era de se esperar, foi bastante vaiado sempre que pegava na bola.

Dwyane Wade ficou próximo de um triple-double e também teve boa participação no triunfo dos visitantes. Foram 22 pontos, nove rebotes e nove assistências para ele. Já o ala-pivô Chris Bosh registrou 15 pontos e cinco rebotes.

AP
Torcedor do Cleveland demonstra sua revolta com LeBron James

O brasileiro Anderson Varejão teve atuação apagada pelo Cleveland. Durante os 24:48 minutos que esteve em quadra, anotou somente quatro pontos. Por outro lado, apanhou oito rebotes. O principal destaque da equipe foi o armador reserva Daniel Gibson, que acertou quatro bolas de longa distância e somou 21 pontos.

A diferença entre os times no marcador é reflexo do aproveitamento que tiveram nos arremessos. O Miami acertou 56,6% dos seus tiros, enquanto o Cleveland.

A torcida que compareceu a Quicken Loans Arena animou-se com a possibilidade de o Cavs vencer a equipe por onde atua o seu ex-ídolo. Uma bandeja seguida de um lance livre certeiro de Antawn Jamison deu aos mandantes liderança por 17 a 12 com quatro minutos e meio por jogar no primeiro período. Mas o Miami anotou 16 pontos consecutivos em seguida e passou à frente de maneira definitiva.

AP
LeBron James tenta passar pela marcação de J.J. Hickson

Liderado pelos dez pontos de LeBron, o Miami venceu o primeiro quarto por oito pontos (31 a 23). O ataque do Cleveland, na tentativa de manter o time na partida, se precipitou bastante e produziu somente 17 pontos no segundo período. Dessa maneira, os visitantes dispararam de vez no marcador e foram para o intervalo com 59 a 40 de superioridade.

A distância no placar ficou ainda mais elástica no retorno dos vestiários. Isso porque o excelente desempenho ofensivo do Miami, comandado pelo bom momento que LeBron e Wade viviam no jogo, fez com que o time anotasse 36 pontos durante o terceiro quarto e estendesse a liderança para três dezenas ao final do período: 95 a 65.

Com o resultado já definido, o treinador Erik Spolestra poupou os seus titulares nos minutos finais. LeBron sequer entrou em quadra durante o quarto final. Assistiu do banco de reservas seus companheiros confirmarem o triunfo acachapante sobre o time que defendeu nas sete temporadas anteriores.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG