Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Miami perde do Clippers e fica longe da quebra do recorde

Surpreendido em Los Angeles, Heat teve sua sequência de vitórias como visitante interrompida e não conseguiu bater marca histórica

iG São Paulo |

O Miami Heat não baterá o recorde de vitórias consecutivas como visitante da NBA, pelo menos por enquanto. A série de triunfos, que já durava 13 jogos, acabou em Los Angeles, nesta quarta-feira, com a derrota diante do Clippers por 111 a 105.

O time da Flórida perseguia o recorde que pertence ao Los Angeles Lakers, que acumulou 16 vitórias em sequência atuando fora de casa na temporada 1971/72.

O novato Blake Griffin foi muito importante para que o Clippers saísse de quadra vitorioso. O jovem ala-pivô marcou 24 pontos, pegou 14 rebotes e deu seis assistências. Os armadores também foram muito bem: Eric Gordon contribuiu com 26 pontos e seis assistências, ao passo que Baron Davis anotou 20 pontos e deu nove assistências.

Apesar da derrota, o Miami contou com boa exibição do seu trio de astros. O ala-armador Dwyane Wade foi o cestinha do jogo com 31 pontos, além de ainda ter apanhado sete rebotes e dado cinco assistências. LeBron James somou 27 pontos, oito rebotes e seis assistências. Já o ala-pivô Chris Bosh teve 26 pontos e 13 rebotes.

AP
Blake Griffin arremessa sobre a marcação de LeBron James

Nem mesmo o mais otimista torcedor do Clippers poderia prever o início de partida da equipe. Foram 44 pontos anotados contra a forte defesa do Miami durante os 12 primeiros minutos do combate. Este excelente desempenho fez com que os mandantes terminassem o primeiro quarto com 18 pontos de vantagem (44 a 26).

O ponto alto da superioridade do time de Los Angeles foi quando o reserva Ike Diogu acertou um arremesso a exatos 8:35 minutos do intervalo que levou a diferença no placar (55 a 34) para 21 pontos. Mas o Heat conseguiu cortar boa parte do prejuízo e encerrou o primeiro tempo com apenas dez pontos de inferioridade (68 a 58).

Os visitantes chegaram a ficar a apenas três pontos do empate no terceiro período, dando a impressão de que a virada no marcador era apenas questão de tempo. Mas o Clippers estragou os planos do oponente e voltou a abrir vantagem de dois dígitos no princípio do último quarto.

O Miami lutou bastante nos minutos finais para evitar a derrota e seguir com chances de atingir a marca história de triunfos seguidos fora de casa, mas não conseguiu. O Clippers manteve o jogo sob controle e não deixou a vitória escapar das suas mãos.

Leia tudo sobre: miami heatlos angeles clippersnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG