Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Miami Heat lamenta perda de vantagem no último quarto

Equipe da Flórida foi derrotada na quarta partida das finais por 86 a 83 após ter nove pontos de vantagem durante o quarto período

iG São Paulo |

A derrota na quarta partida das finais contra o Dallas Mavericks por 86 a 83 deixou a sensação de oportunidade perdida para o Miami Heat. Com dez minutos para o término do jogo, os visitantes abriram nove pontos de diferença e estiveram muito próximos de fazer 3 a 1 na série que vale o título da temporada.

No entanto, as coisas desmoronaram nos minutos decisivos. Com cinco desperdícios de bola e apenas dez pontos (três cestas de quadras em 13 tentativas), o time da Flórida permitiu a recuperação do adversário e saiu derrotado. Nas entrevistas pós-jogo, o fiasco motivou muitas das perguntas aos atletas do Heat.

“Obviamente, nós perdemos uma oportunidade de vencer o jogo”, afirmou o ala-armador Dwyane Wade, principal foco da defesa do Mavericks na série . “A coisa que aprendemos até agora nesta série é que nenhum time está seguro na partida. Por isso, o jogo tem 48 minutos. Eles jogaram muito bem e vários jogadores diferentes deram boas contribuições”.

A primeira vitória do Mavericks nas finais também veio com uma virada , ainda mais impressionante do que a vista nesta terça-feira. A equipe de Miami chegou a estar vencendo por 15 pontos no último quarto e terminou derrotada por 95 a 93.

Para o ala-pivô Chris Bosh, seu time tinha a obrigação de ter vencido. “Nós tínhamos uma boa vantagem”, falou. “Contra uma equipe atuando em casa e desesperada, tínhamos que ter feito um melhor trabalho. Nós não atacamos bem, só tivemos arremessos contestados e erros. E este é o tipo de jogadas que alimenta a ofensiva adversária e levanta a torcida”.

As mudanças feitas pelo treinador Rick Carlisle na rotação do Dallas foi um fator importante na vitória do time, distribuindo melhor o tempo de quadra entre seus defensores. Mas o técnico do Heat, Erik Spoelstra, acredita que as principais razões para a derrota estão em sua própria equipe e ajustes serão preparados para a quinta partida, nesta quinta-feira.

“Um bom início seria não entregar a bola nas mãos deles, desperdiçar tantas posses”, explicou. “E, depois, ter confiança e movimentar a bola. Quando conseguimos a liderança, a bola estava sendo movimentada e procurando o arremesso livre. Eles merecem crédito, pressionaram os nossos jogadores. Mas somos capazes de ‘responder’ como um grupo”.

 

Leia tudo sobre: NBAplayoffsMiami HeatDallas MavericksErik Spoelstra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG