Comandado por LeBron James e Dwyane Wade, Heat faz valer o fator casa e conquista vitória em partida marcada pelas fortes defesas

O Miami Heat saiu na frente do Dallas Mavericks na decisão da temporada 2010/11 da NBA. A equipe da Flórida aproveitou o fato de jogar dentro de casa e contou com ótima atuação da dupla LeBron James e Dwyane Wade , sobretudo nos dois últimos quartos, para conquistar a vitória no primeiro jogo da série pelo placar de 92 a 84.

O resultado mantém a invencibilidade do Miami nos playoffs atuando como mandante. O time venceu todos os nove jogos que disputou no seu ginásio. Já o Dallas encontra-se em desvantagem pela primeira vez na fase eliminatória.

LeBron marcou 24 pontos, pegou nove rebotes e distribuiu cinco assistências. Wade registrou 22 pontos, dez rebotes e seis assistências. A outra estrela do Miami, o ala-pivô Chris Bosh, também teve boa participação no triunfo da equipe ao anotar 19 pontos e apanhar nove rebotes.

O Dallas contou com o cestinha da partida: o ala-pivô Dirk Nowitzki , que fez 27 pontos e ainda capturou oito rebotes. O ala Shawn Marion contabilizou 16 pontos e dez rebotes. Mas o desempenho do banco de reservas do time texano deixou a desejar.

Somados, os suplentes do Mavericks acertaram apenas quatro arremessos em 22 tentados e produziram somente 17 pontos – 12 destes pontos foram anotados pelo armador Jason Terry. Os reservas do Heat também arriscaram 22 chutes e tiveram rendimento superior: converteram oito tiros e marcaram 27 pontos.

As defesas prevaleceram nesta primeira partida da decisão, limitando os ataques a um aproveitamento inferior a 40% nos arremessos. O que fez a diferença em favor do Miami foram os 46 rebotes apanhados na partida, sendo 16 ofensivos. O Dallas pegou 36, e somente seis foram apanhados no ataque.

O jogo

O predomínio das defesas sobre os ataques era evidente no cmoeço da partida. Os dois times erraram bastante ofensivamente nos minutos iniciais, mantendo o placar muito baixo. O Miami vencia por 16 a 12 após uma cesta de três convertida por LeBron, mas o Dallas anotou cinco pontos consecutivos e terminou o primeiro quarto ganhando por 17 a 16.

Os ataques mostraram evolução no segundo período, mas o equilíbrio seguiu ditando o ritmo do confronto. As equipes se revezaram algumas vezes na liderança do marcador e não conseguiam abrir distância confortável. Os visitantes mantiveram-se um ponto à frente e chegaram ao intervalo com vitória parcial por 44 a 43.

A bandeja de Marion com pouco mais de três minutos jogados na segunda metade deu ao Dallas superioridade por 53 a 47. Os seis pontos eram a maior vantagem da equipe texana na partida. Mas os mandantes impediram que o rival seguisse disparando e respondeu de imediato.

O tiro de longa distância convertido por LeBron a um minuto do fim do terceiro quarto e os dois lances livres certeiros de Juwan Howard em seguida fizeram com que o Miami passasse à frente. A partir daí, a liderança não escapou mais das mãos do time da casa.

O Mavericks continuou próximo no marcador durante os minutos iniciais do último quarto. Mas o Heat conseguiu aumentar a superioridade na medida em que o jogo se aproximava do fim, contando com a série de erros cometidos pelo ataque adversário e pelas investidas bem sucedidas de Wade e LeBron.

Os visitantes chegaram nos segundos finais do confronto já sem chances de vitória. A cesta de Jason Kidd na última posse de bola ao menos impediu que a equipe perdesse por dois dígitos de diferença. Mas quem fez festa quando a sirene soou foi a equipe local.

O segundo jogo da série acontecerá novamente no ginásio do Miami. A partida será às 22h de Brasília na quinta-feira.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.