Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Miami bate Toronto e volta a vencer após duas derrotas

Dwyane Wade anotou 31 pontos e comandou o Heat ao triunfo em casa sobre o Raptors, que não contou com Leandrinho

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860272076&_c_=MiGComponente_C

Franquias da NBA tiveram lucro recorde na última temporada
  • Fábio Sormani: Acesse o blog e leia sobre o início da temporada
  • Twitter do iG Esporte: Principais notícias, fatos inusitados, vídeos e opinião
  • O Miami Heat voltou a vencer, depois de ter perdido seus dois últimos compromissos. Na noite deste sábado, o time da Flórida recebeu no seu ginásio o Toronto Raptors e levou a melhor por 109 a 100. Leandrinho Barbosa, ainda lesionado no ombro, desfalcou a equipe canadense.

    O destaque foi o ala-armador Dwyane Wade, com 31 pontos e oito rebotes. O ala LeBron James também teve grande participação no triunfo do Miami: foram 23 pontos e 11 assistências para o MVP das duas últimas temporadas regulares.

    Getty Images
    Destaque do Miami, Dwyane Wade é cercado de jogadores do Toronto

    Do trio de astros do Heat, quem teve atuação de menos impacto foi Chris Bosh. O ala-pivô registrou 12 pontos, seis rebotes e quatro assistências no primeiro encontro com a ex-equipe. O reserva Udonis Haslem, que atua na mesma posição, atingiu o double-double vindo do banco: dez pontos e dez rebotes.

    A principal figura do Toronto foi o pivô Andrea Bargnani, que anotou 22 pontos e capturou nove rebotes. Já o ala-armador DeMar DeRozan somou 21 pontos e seis rebotes.

    Os mandantes anotaram os sete primeiros pontos da partida e jamais estiveram em desvantagem. Sem muitas dificuldades, foram para os vestiários com a superioridade já nos dois dígitos (63 a 50).

    A liderança atingiu os 18 pontos depois de uma cesta seguida de um lance livre convertido por Bosh, com três minutos decorridos da segunda metade. Mas o Raptors reagiu e chegou a se aproximar com bastante perigo no marcador. Dois tiros livres de Jose Calderon, com cerca de seis minutos para o fim do jogo, fizeram com que o time ficasse a quatro pontos do empate (91 a 87).

    O Heat respondeu com uma corrida de 12 pontos a dois, voltou a abrir distância segura no marcador e garantiu o reencontro com a vitória. A campanha da equipe agora é de seis triunfos em dez partidas. Já o Toronto, que realizou o mesmo número de confrontos, perdeu pela oitava vez.

    Leia tudo sobre: basquete - nba

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG