Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Miami bate Milwaukee na prorrogação e vence mais uma fora de casa

Heat alcançou 12 vitórias consecutivas longe de seus domínios e persegue recorde que o Los Angeles Lakers atingiu em 1971/72

iG São Paulo |

O Miami Heat teve dificuldade para despachar o Milwaukee Bucks fora de casa. Só conseguiu resolver a partida em seu favor após disputa da prorrogação. Mas no fim, saiu de quadra com a vitória por 101 a 95 e chegou ao seu 12º triunfo consecutivo como visitante.

O time da Flórida está cada vez mais próximo do recorde do Lakers da temporada 1971/72, que venceu 16 confrontos seguidos longe dos seus domínios. O resultado confirma o ótimo momento que atravessa o Heat, que perdeu apenas um dos últimos 21 compromissos que realizou.

LeBron James foi o grande líder do Miami na partida. O ala marcou 26 pontos, pegou dez rebotes, roubou seis bolas e distribuiu cinco assistências. O ala-pivô Chris Bosh anotou 12 dos seus 16 pontos durante o último quarto e o tempo-extra. Chegou ainda ao “double-double” ao capturar 12 rebotes.

Do trio de estrelas do Heat, Dwyane Wade foi quem teve atuação mais discreta. O ala-armador errou 15 dos 19 arremessos que tentou e marcou 14 pontos. Mas compensou a falta de pontaria com sete rebotes, cinco assistências e três roubadas.

Cestinha do jogo, Chris Douglas-Roberts saiu do banco do Milwaukee para marcar 30 pontos. O pivô Andrew Bogut anotou somente 12 pontos, mas apanhou incríveis 27 rebotes – sua melhor marca da carreira no fundamento.

Getty Images
LeBron James em ação na vitória do Heat

No começo da partida, o Miami dava sinais de que venceria a partida sem grande dificuldade. A equipe ganhou o primeiro quarto por 30 a 18 e chegou a abrir 16 pontos de frente (51 a 35) após uma cesta de LeBron, com pouco mais de quatro minutos restantes no segundo período.

O Bucks conseguiu reduzir a desvantagem para apenas um dígito ainda antes do intervalo e voltou a equilibrar as ações durante a segunda metade. O jogo se encaminhava para seu desfecho completamente indefinido, pois os dois times seguiam muito próximos no marcador.

O placar apontava quatro pontos de vantagem para o Miami (91 a 87) com 24 segundos para o fim. Bogut fez dois lances livres e cortou a diferença para dois pontos. No ataque seguinte dos visitantes, LeBron teve o seu passe interceptado e a posse de bola voltou para as mãos dos mandantes. O responsável pelo empate em 91 pontos que levou a disputa para a prorrogação foi o armador reserva Earl Boykins, com uma bandeja no segundo final.

Wade ainda tentou um arremesso salvador no estouro do cronômetro, mas não teve sucesso. Mas durante os cinco minutos do tempo-extra, o Heat jamais esteve em desvantagem e confirmou a vitória.

Leia tudo sobre: Miami heatmilwaukee bucksnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG