Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Memphis vence New Orleans, mas segue em oitavo no Oeste

Times agora estão com campanhas idênticas, mas Hornets tem vantagem no desempate. Toronto e Detroit vencem seus compromissos

iG São Paulo |

O Memphis Grizzlies passou com facilidade pelo New Orleans Hornets neste domingo. Atuando dentro de casa, contou com um ótimo desempenho na segunda metade e conquistou a vitória por 111 a 89.

O resultado deixa as duas equipes com campanhas idênticas: 44 vitórias e 36 derrotas. Nos quatro confrontos diretos ao longo da temporada, foram dois triunfos para cada lado. Mas o critério que desempata a situação em favor do Hornets é o melhor retrospecto em partidas contra times da Divisão Sudoeste - a mesma em que o Grizzlies se encontra.

O armador O. J. Mayo saiu do banco e comandou a pontuação do Memphis ao anotar 18 pontos. O pivô espanhol Marc Gasol somou 16 pontos, sete rebotes e três tocos. E o ala-pivô Zach Randolph colaborou com 14 pontos, seis assistências e cinco rebotes.

O principal anotador do New Orleans foi o ala-armador italiano Marco Belinelli, com 18 pontos. Os alas Willie Green, Trevor Ariza e Carl Landry fizeram 11 pontos cada um. O armador Chris Paul distribuiu dez assistências, mas não anotou nem um ponto sequer. É a primeira vez na carreira que o astro deixa a quadra sem conseguir pontuar.

Todas as sete mudanças na liderança do marcador aconteceram na metade inicial, que foi bastante equilibrada. O New Orleans até ensaiou assumir o comando do marcador com sete minutos e meio restantes no primeiro quarto, quando o pivô Emeka Okafor deu uma enterrada que deixou o time da Louisiana oito pontos à frente (16 a 8). Mas os mandantes rapidamente voltaram a se aproximar e chegaram ao empate em 30 pontos ao final do período.

O placar seguiu apertado na sequência da primeira metade. A ausência de pontuação do Hornets nos dois últimos minutos que precederam o intervalo permitiu ao Grizzlies ir para os vestiários vencendo por quatro pontos (52 a 48).

A partida não escapou mais do controle do Memphis, que dominou as ações nos dois lados da quadra no terceiro quarto. O ataque produziu 30 pontos, ao passo que a defesa limitou o rival a apenas 19.

A desvantagem do Hornets era de 15 pontos (82 a 67) quando o confronto entrou no último período. Ficou ainda maior quando os locais anotaram sete pontos consecutivos e abriram 89 a 67 no placar. A diferença se manteve na casa das duas dezenas até o desfecho da disputa. O Grizzlies confirmou a vitória contra um rival direto com bastante facilidade.

Este foi o último jogo do Memphis como mandante na temporada. O time faz seus dois últimos jogos na estrada: encara o Portland Trail Blazers na terça e o Los Angeles Clippers na quarta. O New Orleans, por sua vez,mede forças dentro de casa com o Utah Jazz já nesta segunda.

Toronto vence New Jersey

O Toronto Raptors venceu dentro de casa o New Jersey Nets por 99 a 92 neste domingo e impôs ao rival a terceira derrota consecutiva. A equipe canadense ainda não pôde contar com o brasileiro Leandrinho Barbosa, que está com uma lesão no dedo da mão direita.

O armador Jerryd Bayless marcou 19 pontos pelo Toronto. Mas o principal comandante do triunfo da equipe foi o ala-pivô calouro Ed Davis, dono de 18 pontos e oito rebotes. Pelos lados do New Jersey, destaque para o pivô Brook Lopez, que somou 35 pontos e 11 rebotes.

Detroit confirma boa fase

Em outro confronto de equipes já eliminadas, o Detroit Pistons conquistou a terceira vitória consecutiva. Atuando como visitante, superou o Charlotte Bobcats por 112 a 101.

Com 24 pontos e 11 assistências, o armador Rodney Stuckey foi o destaque do Pistons. O melhor do Bobcats foi o ala Boris Diaw, com 20 pontos, sete assistências e seis rebotes.

Leia tudo sobre: memphis grizzliesnbanew orleans hornets

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG