"Vamos ficar com Marc. Não podemos deixá-lo ir", disse dono do time em entrevista ao jornal espanhol Marca

O Memphis Grizzlies deu fim às esperanças de outras equipes da NBA de contar com o pivô Marc Gasol . O time praticamente selou a permanência do pivô espanhol com um novo contrato de 58 milhões de euros por mais quatro temporadas.

Leia também: Depois de perderem Pau Gasol, Rockets tentam irmão Marc

Michael Heisley, dono dos Grizzlies, destacou a necessidade de contar com Gasol nesta próxima temporada. A equipe já havia determinado um contrato de 55 milhões de euros para manter Gasol, igualando assim a proposta feita pelo Houston Rockets. Porém, pouco depois elevou a quantia para confirmar a permanência do espanhol.

"Vamos ficar com Marc. Não podemos deixá-lo ir", disse o dirigente em entrevista ao jornal espanhol Marca . Em seu perfil no Twitter , o jogador comemorou a decisão do clube e o início da negociação para renovar seu contrato. "Estou muito feliz por ter chegado a um princípio de acordo com os Grizzlies. Estou empolgado para voltar a treinar com meus companheiros", disse o jogador.

O Houston Rockets era o principal clube interessado em acertar a transferência do jogador. Além de tentar a negociação de Marc, a equipe ainda buscou seu irmão, o ala-pivô Pau Gasol, também sem sucesso.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.