Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Mavericks comemora rendimento defensivo contra o Thunder

Após sofrer 109 pontos em média nos dois primeiros jogos das finais do Oeste, Dallas permitiu apenas 87 pontos no jogo 3

iG São Paulo |

A defesa do Dallas Mavericks foi alvo de críticas por parte do próprio elenco após a derrota em casa no segundo jogo das finais de conferência contra o Oklahoma City Thunder. Por isso, a eficiência defensiva na vitória fora de casa por 93 a 87 foi motivo de celebração para o técnico Rick Carlisle e o ala-pivô Dirk Nowitzki.

Para o treinador, o Mavericks alcançou o nível defensivo ideal para pensar em título. “Nós fomos muito melhores defensivamente”, afirmou Carlisle. “Os dois primeiros jogos foram fracos. Tivemos sorte de vencer a primeira partida. Mas, hoje (sábado), nós defendemos em um nível de campeão pela primeira vez na série e agora nosso desafio é manter este padrão”.

Nowitzki, que creditou a derrota no jogo 2 à ineficiência defesa , comemorou o desempenho na vitória. “Eu acho que o ótimo esforço defensivo desde o início deu o tom de nossa atuação”, disse o alemão. “Nós fomos um pouco mais agressivo na marcação, fizemos tudo mais difícil para eles, nos esforçamos na defesa”.

Getty Images
Rick Carlisle, técnico do Dallas Mavericks
Não foi apenas o ala-pivô que reclamou da defesa nas duas primeiras partidas. O pivô Brendan Haywood usou uma espetacular enterrada do ala Kevin Durant no segundo jogo da série para mostrar as falhas que a equipe vem tendo na marcação. Nas duas primeiras partidas, o time permitiu 109 pontos em média ao oponente.

Durant foi uma das principais preocupações do Mavericks na defesa. O ala havia anotado 64 pontos nos dois jogos acertando mais de 50% dos arremessos que tentou. Na partida deste sábado, o atleta acertou sete e errou outros 15.

“Nos dois primeiros jogos, nós permitimos que tivesse muito espaço”, falou Carlisle sobre Durant, cestinha das últimas duas temporadas. “Ele estava muito confortável. Agora, ele teve que trabalhar para conseguir 24 pontos e errou alguns arremessos que normalmente acertaria”.

Reconhecendo a importância do ala para o Thunder, Nowitzki também elogiou o trabalho de marcação realizado sobre Durant: “Nós tínhamos que trabalhar nisso, porque ele é muito bom jogador. Eu achei que fizemos um bom trabalho forçando que tivesse arremessos difíceis e dar crédito para (DeShawn) Stevenson, (Shawn) Marion e até o (Jason) Kidd pela forma como se entregaram. Eles foram ótimos”.

 

Leia tudo sobre: Rick CarlisleDirk NowitzkiKevin Durant

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG