Armador reserva do Dallas tem caído de produção durante o último quarto das partidas da decisão, quando o astro do Miami o defende

Com médias de 15,8 pontos por partida, Jason Terry é o segundo maior cestinha do Dallas Mavericks na temporada, atrás apenas do ala-pivô Dirk Nowitzki. O desempenho do atleta, contudo, está deixando a desejar na decisão, sobretudo nos minutos finais.

“Eles (o Miami) têm deixado LeBron (James) marcando Terry durante o último quarto e ele tem feito um bom trabalho”, disse Nowitzki. “Terry não tem sido decisivo para nós do jeito que precisamos que ele seja”.

Os números reforçam a análise de Nowitzki. Somando as duas derrotas que o Dallas sofreu na série diante do Miami, Terry arremessou sete bolas no último quarto e não acertou nenhuma.

A exceção foi na segunda partida da final, vencida pela equipe texana fora de casa . O jogador converteu três dos cinco tiros que disparou e anotou oito pontos no quarto período, ajudando Nowitzki a levar o Mavericks à virada.

“O time deles sabe me tirar do jogo, o que não aconteceu na segunda partida”, disse Terry. O armador admitiu que a opção do Miami de deixar LeBron na sua marcação tem dado certo, mas declarou em seguida: “Vamos ver se ele consegue defender desta maneira durante sete jogos”.

O próximo episódio da luta de Terry contra LeBron para tentar aparecer com destaque nos minutos finais será nesta terça-feira. A quarta partida da série entre Dallas e Miami ocorrerá às 22h de Brasília.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.