Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Marc Gasol: ''Ninguém sabe ao certo o que vai acontecer''

Pivô tem dúvidas sobre o rumo que a provável greve patronal da NBA vai tomar, mas seguir jogando nos EUA é sua preferência

iG São Paulo |

O pivô Marc Gasol foi um dos principais responsável pela inédita classificação do Memphis Grizzlies à segunda rodada dos playoffs da NBA. Agora, como agente livre restrito do time e diante da provável greve patronal da liga , o jogador espanhol vê os próximos meses como um enorme ponto de interrogação.

Segundo o atleta, sua intenção é continuar no basquete norte-americano, mas jogar em outro país se a paralisação durar muito tempo não está fora de cogitação. “A ideia é esperar que a temporada volte e continuar de onde parei, mas ninguém sabe ao certo o que vai acontecer”, disse. “Se a greve se alargar por muitos meses, terei que pensar em uma alternativa”.

Gasol viu a classificação contra o San Antonio Spurs, melhor time da fase de classificação da Conferência Oeste, como um feito bonito e necessário para a auto-estima da franquia e da cidade. No entanto, o pivô teme que a greve atrapalhe a manutenção e evolução natural da equipe.

“Foi uma temporada com um final muito bonito para Memphis, o que necessitávamos”, afirmou. “Todos temos aproveitado isso e crescemos. O ano que vem fica um pouco indefinido, com a paralisação muitas normas mudarão e deixa dúvidas em todos nós sobre como as coisas ficarão daqui para frente”.

É esperado que Gasol seja um dos agentes livres mais cobiçados dos próximos meses e, em entrevista após a eliminação contra o Oklahoma City Thunder , o atleta não fez referência a qualquer vantagem para o Grizzlies sobre outros times nas negociações.

“Memphis é minha casa, esta é a minha família”, falou. “Mas, no fim das contas, vamos ver como as coisas vão se encaminhar. Você tem que ser esperto neste momento, colocar as suas cartas na mesa e ver o que é resolvido”.

Na posição de agente livre restrito, porém, o pivô não pode negociar livremente sua mudança de time. O Grizzlies tem o privilégio de poder cobrir qualquer proposta que seja feita à Gasol e mantê-lo Gasol no elenco.
 

Leia tudo sobre: NBAMemphis GrizzliesMarc Gasol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG