Jogador do San Antonio já está na Argentina e diz pensar apenas em ajudar a seleção do seu país a garantir a vaga

Após a eliminação do San Antonio Spurs nos playoffs da NBA, o ala-armador Manu Ginobili voltou para casa. Ele já se encontra na Argentina, mas a ideia de aproveitar as férias para descansar nem passa pela sua cabeça. O atleta está ansioso para o início do Pré-Olímpico, que será disputado no país.

“Faltam dois meses, mas eu já sinto o clima”, afirmou Ginobili. “O pessoal diz que não quer ficar de fora, dá pra notar o entusiasmo de todo mundo. Falo com (Luis) Scola, (Andres) Nocioni e (Fabrício) Oberto e estamos nos dando conta de que está chegando a hora”.

O Pré-Olímpico terá início no final do mês de agosto em Mar del Plata e oferece duas vagas às Olimpíadas de Londres. Ginobili não esconde o entusiasmo diante da oportunidade de contar com o apoio da torcida local durante a competição.

“Será uma experiência única para todos, pois participar dos Jogos Olímpicos é algo incrível”, comentou. “E depois de tudo o que vivemos, voltar a jogar em casa para lutar pela vaga nesta competição será sensacional”.

Ginobili também falou sobre a situação de Scola, ala-pivô que atua no Houston Rockets e que passou recentemente por uma artroscopia no joelho esquerdo. “O processo é demorado, é preciso ser paciente e não pular etapas. Vamos precisar que Luis esteja 100% porque ele é um dos melhores jogadores de garrafão do mundo”.

Com médias de 17,4 pontos e 4,9 assistências por partida, Ginobili foi um dos principais jogadores do Spurs na temporada 2010/11. O bom desempenho acabou por render a convocação ao “All-Star Game” deste ano. A equipe texana terminou a fase classificatória na liderança do Oeste, mas caiu diante do Memphis Grizzlies logo na primeira fase dos playoffs .

“Não é normal um time classificado na primeira posição perder do oitavo, mas eles ganharam de forma clara e merecida”, disse o argentino.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.