Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Magnano respeita decisão de Nenê e Leandrinho, mas cutuca atletas

Para técnico, ambos não fazem ideia do que é jogar nas Olimpíadas. Se Brasil garantir vaga, convocações não estão garantidas

Gazeta |

Campeão dos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 com a seleção argentina, o treinador Rubén Magnano sabe a dimensão de disputar o campeonato. Ele disse respeitar as posições de Nenê (Denver Nuggets) e Leandrinho (Toronto Raptors), que pediram dispensa do Pré-Olímpico, mas cutucou os dois jogadores.

Divulgação
Rubén Magnano, técnico da seleção brasileira masculina
"Fico pensando se eles têm realmente o conhecimento do que significa disputar uma Olimpíada", disse. "O que eu vivi em dois Jogos Olímpicos foi uma sensação extrema, sublime. Por isso, às vezes me pergunto se esses atletas realmente sabem o que é estar dentro de uma Olimpíada".

Nenê alegou motivos "contratuais e pessoais" para pedir dispensa . Leandrinho, por sua vez, enviou um e-mail à Confederação Brasileira de Basquete (CBB) com 30 minutos de antecedência para comunicar seu desligamento por razões "particulares e pessoais" . Já Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers) se apresentou mesmo lesionado e foi liberado para prosseguir seu tratamento .

"Eu respeito muito as decisões dos jogadores", afirmou Magnano. "São situações diferentes. Com o Anderson, esgotamos até o ultimo dia para ver se ele podia jogar o Pré-Olímpico. Em relação ao Leandrinho, fiquei um pouco surpreso, porque pensamos, pelas últimas notícias que tivemos, que ele se apresentaria, mas na última hora não se apresentou".

O Brasil disputou os Jogos pela última vez em Atlanta-1996, quando ainda contava com Oscar Schmidt. Como os EUA - atuais campeões mundiais -, já estão classificados, Brasil e Argentina são os favoritos no Pré-Olímpico de Mar Del Plata, que oferece duas vagas em Londres-2012. No entanto, na opinião do técnico, os desfalques serão sentidos.

"Seria uma atitude de soberba da minha parte se falasse que não estamos perdendo nada sem esses jogadores de alto nível", falou. "Sem dúvida, estamos perdendo em qualidade de jogadores e também de pessoas, porque minha convivência com eles foi ótima. É uma adversidade que precisamos enfrentar".

Com os pedidos de dispensa de Nenê e Leandrinho e a lesão de Varejão, Tiago Splitter (San Antonio Spurs) será o único brasileiro da NBA no Pré-Olímpico da Argentina. Embora admita a perda de qualidade com os desfalques, Magnano também aposta no elenco atual .

"Eles já tomaram uma decisão [de pedir dispensa", afirmou. "Temos que usar esse tempo agora para fortalecer os garotos que estão conosco hoje. Diante de situações adversas, muitas vezes os talentos adormecidos acordam. Vamos pensar nisso: que acordem os talentos desses meninos para fortalecer a seleção".

Técnico não garante volta

Caso o Brasil se classifique para os Jogos de Londres-2012, Nenê e Leandrinho não tem presença garantida na seleção nacional.

"Essa é uma avaliação que farei no momento adequado", explicou o treinador. "Como faço sempre, tomarei uma decisão e me responsabilizarei por ela. Agora, não é momento para avaliar o que vai acontecer daqui a um ano".

Por outro lado, ele lembrou que os atletas que participarem de uma eventual conquista da vaga olímpica também não estariam assegurados em Londres. "Não vamos fechar o círculo", afirmou. "Todos precisariam lugar novamente por uma vaga".

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG