Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Magnano libera atletas para disputa dos Jogos Mundiais Militares

Armador Nezinho dos Santos e ala Arthur Belchor poderão defender a seleção brasileira na semifinal e final da competição

iG São Paulo |

O treinador da seleção brasileira masculina, Rubén Magnano, anunciou a liberação do armador Nezinho dos Santos e do ala Arthur Belchor para defender o time do Brasil na semifinal e final dos Jogos Mundiais Militares, que acontecem no Rio de Janeiro entre os dias 16 a 24 deste mês.

Após conversar com o técnico da seleção militar, Alberto Bial, Magnano chegou à conclusão de que a liberação dos atletas era possível e não atrapalharia o período de preparação para o Pré-Olímpico da Argentina .

“Não estava certo da liberação deles, mas analisei o nosso calendário e não haverá grande sacrifício”, afirmou o treinador argentino. “Eles sairão de São Paulo na sexta-feira, dia 22, após o treino da tarde e regressarão no domingo à noite, perdendo assim somente o treinamento da manhã de sábado”.

Nezinho, ou Sargento Wellington, comemorou a oportunidade de defender o Brasil nos Jogos Militares. “Nunca escondi que tinha essa vontade, desde que não prejudicasse a mim nem a seleção que disputará o Pré-Olímpico”, disse. “Estou no exército desde 2009 e gostaria de fechar esse ciclo”.

Mesmo chegando no decorrer da competição, o Sargento Arthur espera se integrar rápido ao time e que ele e Nezinho possam ser reforços de qualidade na hora da decisão. “Vamos para a seleção para somar”, afirmou. “Vou me dedicar ao máximo para que este título fique no Brasil. Queremos fazer valer à pena nossa liberação”.

O torneio de basquete dos Jogos Mundiais Militares vai ser disputado entre 17 e 24 de julho. Antes de pensar em semifinal ou final, o Brasil precisa se classificar no grupo B, onde encara Itália, Cazaquistão, Lituânia, Catar e Uzbequistão.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG