Tamanho do texto

Decisão foi tomada pelos agentes do jogador, que alegaram questão da multa com time espanhol e a participação no Mundial sub-19

Lucas Bebê não vai participar do "NBA Draft" deste ano. O pivô brasileiro, que completa 19 anos em julho, foi inscrito no mês de maio passado, mas por opção de seus agentes vai ter o seu nome retirado nesta segunda-feira. O evento que vai marcar o recrutamento dos jogadores para a próxima temporada da NBA acontece no dia 23 de junho próximo.

Segundo Aylton Tesch, da Lagardere Unlimited, agência que representa Lucas nos EUA, fatores como a idade do pivô, a alta multa rescisória exigida pelo Asefa Estudiantes de Madri (Espanha) e o Campeonato Mundial sub-19 (Letônia), influenciaram na decisão de “segurar” Lucas e não confirmar o atleta no draft desta temporada.

Lucas Bebê, pivô brasileiro que iria participar do 'NBA Draft'
Divulgação
Lucas Bebê, pivô brasileiro que iria participar do 'NBA Draft'
“Lucas fez uma boa preparação aqui nos EUA”, disse Tesch. “Passou por um período de treinos de alto nível, trabalhou forte em cima de características específicas da posição e se saiu muito bem. Alguns pontos importantes pesaram, como a multa contratual que ele possui na Espanha, o Campeonato Mundial na Letônia, onde queremos que ele esteja, e o fato de ser novo ainda e podermos escolher a melhor hora para ele entrar na NBA”.

Bebê disse não estar decepcionado com a decisão tomada pelos seus agentes. “Treinei muito forte aqui (EUA), foi bastante proveitoso e não ir para o draft desse ano não me chateia”, afirmou o jogador. “Sabia que tinha essa possibilidade (de não ser confirmado). Ouvi muitos conselhos, aprendi muito e tenho a chance de voltar no ano que vem, mais bem preparado, mais experiente, e é nisso que tenho que pensar, em evoluir, em crescer”.

Segundo Tesch, ex-jogador da seleção brasileira na época em que o time era dirigido por Hélio Rubens, Lucas tem potencial para jogador na NBA: “Já mostrou isso, tanto na seleção brasileira, quanto aqui, nos ‘camps’ e nos treinamentos que fez . É um jogador alto (2,13m), de recursos e veloz. É novo ainda e vai estar na NBA num futuro próximo”.

Bebê disse que objetivo de momento é a seleção brasileira e o Mundial sub-19 da Letônia: “Quero ajudar o Brasil a fazer um bom campeonato, porque temos chances de brigar por uma medalha, até mesmo de brigar pelo título. Temos um grupo muito bom e estou confiante”.