Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Love tem sequência interrompida e Minnesota perde do Golden State

Ala-pivô anota apenas seis pontos e não consegue atingir o 54º "double-double" consecutivo. Defesa do Warriors vai bem no fim

iG São Paulo |

O Minnesota Timberwolves visitou o Golden State Warriors neste domingo e foi batido por 100 a 77. O jogo marcou o encerramento da sequência de “double-doubles” de Kevin Love.

O ala-pivô do Minnesota havia atingido os dois dígitos em pontos e rebotes nas 53 partidas anteriores. Love apanhou 12 rebotes nesta noite. O problema, no entanto, é que foram apenas seis pontos anotados.

Com 16 pontos cada, o ala Michael Beasley e o armador Luke Ridnour foram os principais anotadores do Minnesota no jogo. Beasley ainda pegou cinco rebotes, enquanto Ridnour contribuiu com mais seis assistências.

O principal destaque do Golden State foi o armador Stephen Curry, dono de 24 pontos, nove rebotes e seis assistências. O ala Dorrell Wright e o outro armador titular do time, Monta Ellis, apareceram com 16 pontos cada um.

Disposto a conquistar aquela que seria sua terceira vitória consecutiva, o Timberwolves começou melhor o jogo ao anotar sete dos dez primeiros pontos da noite. Mas o Warriors não só reagiu prontamente como passou à frente e terminou o primeiro quarto vencendo por 26 a 23.

Apesar de a liderança não ter mais saído das mãos do time da casa, o jogo seguiu equilibrado durante o segundo período. No intervalo, o placar apontava apenas cinco pontos de superioridade do Golden State (49 a 44).

Mas o ritmo avassalador da equipe californiana no retorno dos vestiários praticamente definiu o confronto. Foram 13 pontos anotados nos seis minutos iniciais da segunda metade contra apenas dois do Timberwolves. E estes dois pontos dos visitantes foram feitos na linha de lances livre.

O Minnesota acabou o terceiro quarto com apenas 15 pontos marcados. Não apresentou melhora significante no último período, quando anotou 18 e viu o oponente disparar de vez.

Como a derrota já era iminente, a expectativa da torcida do Timberwolves cercava o “double-double” de Love. O ala-pivô precisava de cinco pontos nos 12 minutos finais para estender a sequência. Foi para a linha de lance livre quando faltavam sete minutos para o fim do jogo e, depois de errar o primeiro tiro, acertou o segundo. Foi o seu sexto ponto.

Mas Love foi sacado pelo técnico Kurt Rambis a quatro minutos do encerramento do duelo. Como não fez mais nenhuma cesta, estacionou nos seis pontos. Desta forma, chegou ao fim a maior série de “double-doubles” consecutivos da liga desde que 1976, quando a ABA se juntou à NBA.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG