Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Love está otimista com a ida de Rubio para o Timberwolves

Sensação do basquete espanhol tem seus direitos ligados ao Wolves e tem chances de deixar a Europa ao fim desta temporada

Thiéres Rabelo, iG São Paulo |

O ala-pivô Kevin Love, do Minnesota Timberwolves, afirmou nesta terça-feira que acredita muito que o armador Ricky Rubio, revelação do basquete espanhol, optará por jogar pelo Wolves quando for para a NBA. Rubio ainda joga pelo Barcelona, de seu país natal, mas tem seus direitos da NBA ligados ao Wolves. Seu nome é constantemente envolvido em rumores de trocas na liga americana.

Getty Images
Rubio foi selecionado pelo Wolves no recrutamento de 2009
“Quanto mais cedo ele vier para cá, melhor será sua adaptação e seu jogo”, disse Love. “Há muita publicidade em volta dele e isso anima os torcedores, deixará o jogo mais animado. A propósito, ele me disse que quer jogar aqui e acredito muito que ele jogará com nosso time. Se não, será complicado. Quero muito jogar com ele. Acredito que ele jogará aqui. Acredito muito”.

Love se tornou amigo de Rubio durante o Mundial da Fiba, em agosto do ano passado, quando as seleções de EUA e Espanha se enfrentaram em um amistoso preparatório em Madri. “Ainda escrevo para ele de vez em quando” afirmou Love. “Não muito, apenas uma ou duas vezes por mês. Eu sempre lhe digo que gostaria que ele viesse o mais cedo possível, para que possamos começar logo a jogar”.

Perguntado se ele pensa que Rubio tem nível para NBA, Love prontamente disse que sim. “Sim e também tem confiança de NBA” , disse Love. “Essa é a diferença dele. Ele tem muita confiança em si mesmo para entrar em quadra todas as noites e jogar de igual para igual com os jogadores daqui. Achei ele um ótimo distribuidor de bola e tem um bom tamanho para jogar de armador na NBA”.

Em entrevista a uma rádio da Catalunha, o armador afirmou que ir para a NBA é um sonho, mas que não será benéfico deixar a Europa imediatamente. “O interesse em ir para a NBA existe, mas não neste exato momento”, disse Rubio. “É uma decisão unilateral e precisaria conversar com o Barça e com o Wolves. Cogitar isso agora seria um erro e ninguém sairia beneficiado: nem eu, nem o Barcelona. Conseguir ir para a NBA é um sonho. Todo bom jogador espanhol quer seguir a estrela Pau Gasol (pivô do Los Angeles Lakers), pois ele é um modelo a se espelhar”.

O espanhol afirma, também, que a possível greve dos donos de franquias da NBA será um importante fator em sua decisão de ir ou não para a liga norte-americana já no meio deste ano.

Em 2009, ano em que foi escolhido pelo Wolves no recrutamento da NBA, Rubio assinou um contrato de seis anos com Barcelona, mas uma cláusula lhe permite deixar o time após uma temporada, com uma multa de US$ 1 milhão. O Wolves pode pagar metade desse valor.

O Wolves havia enviado três de seus representantes para a Espanha em janeiro, para uma visita a Rubio e sua família. Em maio, o próprio gerente geral da franquia, David Kahn, é quem irá a Barcelona com o mesmo propósito.

Leia tudo sobre: nbatimberwolvesricky rubiokevin love

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG