Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Los Angeles Lakers teme surto de catapora dentro do elenco

Armador Steve Blake foi infectado. Kobe Bryant, Andrew Bynum e Ron Artest nunca pegaram a doença e estão mais expostos a ela

iG São Paulo |

O ambiente no Lakers continua agitado. Depois de Kobe Bryant ter admitido xingamento homofóbico a um árbitro na vitória do time sobre o San Antonio, na terça-feira, o problema agora no time de Los Angeles é tentar evitar um surto de catapora.

Isso porque o armador reserva Steve Blake foi acometido pela doença, que atinge basicamente crianças, mas que é contagiosa. O time espera que ninguém mais seja infectado.

Kobe Bryant, Andrew Bynum e Ron Artest não pegaram a doença na infância e são os jogadores mais expostos ao problema.

“A catapora é contagiosa em dois momentos: antes da incubação e depois que ela se manifestou”, afirmou o médico pediatra Moisés Chencinsky. “Até cinco dias antes de ela se manifestar, o contato próximo favorece a transmissão do vírus. Por exemplo: quando se espirra, aquelas gotinhas são contagiosas. Depois que a doença apareceu, é contagiosa enquanto tem bolha. Quando está só a casca não é mais”.

Segundo Chencinsky, a doença dura de uma semana a dez dias.

Steve Blake tem sido importante na rotação que o técnico Phil Jackson promove durante as partidas. Ele tem uma média de permanência em quadra de 20 minutos, tendo anotado 4,0 pontos e 2,2 assistência por jogo.

 

Leia tudo sobre: Steve BlakeKobe BryantRon Artest

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG