Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Lituânia atropela Rússia e avança à final do Mundial Sub 19

Com atuação de destaque do pivô Jonas Valanciunas, lituanos dominam os russos e conquistam vitória com tranquilidade

iG São Paulo |

A Lituânia garantiu neste sábado a vaga na decisão do Mundial Sub 19. Contando com atuação de gala do pivô Jonas Valanciunas, sobretudo na primeira metade de jogo, passou com facilidade pela Rússia e venceu por 85 a 68.

Escolhido pelo Toronto Raptors na quinta escolha do "NBA Draft" de 2011 , Valanciunas acertou oito dos dez arremessos que tentou. Marcou 21 pontos e chegou ao “double-double” com os 13 rebotes que pegou. O armador Dovydas Redikas e o ala-armador Zygimantas Skucas colaboraram com 13 e 12 pontos, respectivamente. Já o armador Vytenis Cizauskas somou nove pontos, sete rebotes e sete assistências.

A Rússia contou com o cestinha da partida: o ala-armador Dmitry Kulagin, que fez 27 pontos. O pivô Alexander Tikhonin contabilizou 13 pontos e quatro rebotes. Principal destaque russo na competição, o ala Sergey Karasev teve atuação discreta: anotou apenas nove pontos e apanhou três rebotes.

O jogo

Nos instantes iniciais, houve equilíbrio entre os times. Após cinco minutos jogados, os russos venciam por 5 a 4. Mas a igualdade entre as equipes na partida acabou neste momento, pois a Lituânia engatou uma corrida de 13 pontos consecutivos e disparou.

O placar ao final do primeiro quarto era de 25 a 11. Sob a regência de Valanciunas, que se mostrava bastante dominante dentro do garrafão, os lituanos mantiveram domínio absoluto sobre o adversário e abriram distância cada vez maior no marcador. A vantagem no intervalo era de 27 pontos: 53 a 26.

O ataque da Rússia voltou para a segunda metade melhor postado, apresentando nítida evolução em relação à produção que teve nos dois primeiros quartos. O grande responsável pela subida de produção ofensiva da equipe foi Kulagin, que teve sucesso nas bolas de longa distância.

A Lituânia viu a margem de superioridade sobre o adversário cair consideravelmente no decorrer dos dois últimos períodos. Ainda assim, por conta da ampla vantagem conquistada no primeiro tempo, não teve a vitória ameaçada em momento algum e carimbou o passaporte à decisão com tranquiliade.

Leia tudo sobre: mundial sub 19basquete

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG