Jogador lamenta segunda final perdida na carreira em uma rede social, mas acredita que seu momento de ser campeão ainda o espera

LeBron James acaba de perder sua segunda final de NBA na carreira. E enquanto analisa o que poderia ter feito para evitar a derrota do Miami Heat para o Dallas Mavericks , o ala se agarra a Deus para manter o otimismo em relação ao futuro.

A segunda tentativa do ala se tornar campeão da liga terminou neste domingo, quando o Heat foi derrotado em casa por 105 a 95. LeBron saiu de quadra com 21 pontos, seis assistências e seis desperdícios de bola.

A primeira oportunidade aconteceu em 2007, quando liderou o Cleveland Cavaliers à final contra o San Antonio Spurs e perdeu por 4 a 0. A derrota foi tão traumatizante que, antes do início da série contra o Mavericks, o ala afirmou que ainda assistia aos vídeos daquela decisão .

Desta vez, LeBron foi o alvo preferencial da imprensa e opinião pública. Com atuações apáticas e pouco inspiradas , o jogador é tido como um dos principais responsáveis pela derrota e virou alvo de provocações do ala-armador adversário DeShawn Stevenson – um antigo desafeto e, agora, campeão da liga.

Além disso, o ala ainda sofre com a conturbada saída do Cavaliers em julho do ano passado . Dono de enorme índice de rejeição nos EUA desde a decisão de reforçar o Heat, LeBron é visto como persona non grata em Cleveland e a franquia local passou a torcer abertamente pelo seu fracasso .

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.