Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

LeBron James brilha e leva Miami à vitória sobre o New York

Astro comandou vitória do Heat ao anotar um "triple-double" e calou as vaias dos torcedores do Knicks no Madison Square Garden

Luís Araújo, iG São Paulo |

Uma ótima atuação de LeBron James permitiu que o Miami Heat estendesse a sua série invicta para 11 partidas. Na noite desta sexta-feira, o time da Flórida visitou o New York Knicks e deixou o Madison Square Garden com vitória por 113 a 91.

LeBron registrou um “triple-double”: foram 32 pontos, 11 rebotes e dez assistências para o MVP da liga nas duas últimas temporadas, que foi vaiado pela torcida nova-iorquina. As outras duas estrelas do Miami também tiveram contribuição decisiva no triunfo da equipe: o ala-pivô Chris Bosh e o ala-armador Dwyane Wade fizeram 26 pontos cada.

Amar’e Stoudemire não conseguiu chegar nas três dezenas de pontuação pela décima vez seguida. Mas o ala-pivô do New York registrou um “double-double”: anotou 24 pontos e pegou 14 rebotes, apesar de ter errado 17 dos seus 28 arremessos. O ala italiano Danilo Gallinari acertou quatro bolas de longa distância e liderou a pontuação do Knicks, com 25 pontos. Já o ala Wilson Chandler somou 17 pontos e dez rebotes.

O Heat desperdiçou 18 posses de bola no ataque – cinco a mais que adversário, que cometeu 13 erros. Em compensação, os visitantes demonstraram pontaria muito calibrada: acertaram 54,9% dos seus arremessos, contra um índice de conversão do Knicks de somente 39,3%.

Getty Images
LeBron James puxa contra-ataque do Heat durante a vitória contra o Knicks

Houve muito equilíbrio durante os minutos iniciais da partida. Mas três arremessos de LeBron comandaram uma corrida de oito pontos a um do Miami no final do primeiro quarto, que deu ao time vantagem de 34 a 25. A liderança chegou a ser de 13 pontos (29 a 26) quando restavam pouco mais de dez minutos para o intervalo, após uma enterrada do pivô reserva Erick Dampier.

Mas o Knicks reagiu a partir daí e não só voltou a encostar no marcador como chegou a passar à frente em determinados momentos. A partida, marcada por um ritmo bastante alucinante e de ataques rápidos, chegou ao intervalo empatada em 57 pontos. LeBron ainda teve a chance de colocar o Miami em vantagem, mas errou a última posse de bola do primeiro tempo.

Melhores no retorno dos vestiários, os visitantes conseguiram aos poucos abrir distância no marcador. A defesa funcionou muito bem e ficou sem sofrer cestas de quadra do New York por mais de quatro minutos. Desta maneira, o Miami conseguiu impor 16 pontos de liderança ao final do terceiro quarto (90 a 74). Sem forças para voltar a igualar as ações do confronto, os mandantes ainda permitiram que o rival estendesse sua superioridade para a casa das duas dezenas.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG