Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Milwaukee impõe sétima derrota seguida do Sacramento

Earl Boykins e Andrew Bogut comandaram a vitória fora de casa do Bucks sobre o Kings, time de pior campanha da NBA

iG São Paulo |

O Miami Heat foi ao Arizona medir forças com o Phoenix Suns e se deu bem. Mesmo sem poder contar com o lesionado Dwyane Wade, venceu por 95 a 83 graças à ótima apresentação de LeBron James.

O MVP das duas últimas temporadas foi o cestinha da partida com 36 pontos, pegou seis rebotes, deu quatro assistências e roubou três posses de bola. O ala-pivô Chris Bosh fez um “double-double”: 23 pontos e 11 rebotes. Já os armadores Carlos Arroyo e Mario Chalmers marcaram 11 pontos cada.

Jared Dudley foi o grande destaque pelo lado do Phoenix. O ala acertou sete bolas de longa distância e fez 33 pontos, sua maior pontuação da carreira. Além disso, apanhou 12 rebotes. O armador Steve Nash marcou apenas quatro pontos, mas distribuiu 18 assistências.

Getty Images
LeBron James é marcado por Robin Lopez durante a vitória do Heat
O time da casa começou melhor a partida. Chegou a abrir 11 pontos (21 a 10) depois de uma cesta de três de Dudley, com cerca de quatro minutos por jogar no primeiro quarto. Mas o Heat anotou nove dos dez últimos pontos do período e encostou no marcador.

O bom momento dos visitantes na partida prosseguiu no decorrer da primeira metade. Não demorou muito para o Miami passar à frente no marcador e, liderado pelos 20 pontos de LeBron, foi para os vestiários vencendo por 45 a 39.

A diferença entre os times atingiu os dois dígitos logo no princípio do segundo tempo. O Suns não permitiu que o Heat se desgarrasse no marcador, mas também não conseguiu ameaçar a liderança dos visitantes e acabou derrotado diante dos seus torcedores.

Leia tudo sobre: Phoenix sunsmiami heatlebron jamesnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG