Principais atletas do Miami Heat vêem série contra o Dallas Mavericks como última etapa de uma viagem longa e nem sempre tranquila

O ala LeBron James e o ala-armador Dwyane Wade representaram o elenco do Miami Heat nas entrevistas coletivas oficiais da NBA antes do início da final contra o Dallas Mavericks. Os dois jogadores encaram a chegada à decisão depois de uma temporada irregular, cheia de altos e baixos, como um fato a ser extremamente valorizado.

“Nós todos trabalhamos duro desde o início da temporada na visita à base da Força Aérea”, disse James, uma das principais preocupações da defesa do Mavericks . “E estar aqui neste momento é algo muito satisfatório”.

Wade lembrou o início da temporada e reconheceu que o time precisou de tempo para encontrar seu melhor basquete. “Nós passamos por altos e baixos”, afirmou o ala-armador. “Obviamente, nós adoraríamos ter jogado nosso melhor desde o primeiro dia. Mas não jogamos, não éramos a equipe que somos hoje. Entendemos que levaria algum tempo”.

Depois de um decepcionante começo de temporada, com nove vitórias e oito derrotas, o Heat passou por uma forte crise e os jogadores chegaram a questionar o comando do técnico Erik Spoelstra . Para Wade, este tipo de episódio fortaleceu o grupo: “Tivemos que passar por adversidades para nos tornarmos uma unidade e não apenas ótimos talentos individuais”.

Segundo o ala-armador, que já disse querer terminar a carreira no Miami , a virada do time foi iniciada pela marcação. “Tudo começou no lado defensivo”, falou. “Ganhamos partidas na defesa. Tínhamos o poder ofensivo e talento para tomar conta de jogos. Mas nosso motor e esforço dentro de quadra nos trouxeram ao ponto em que estamos”.

O Heat recuperou-se no decorrer da temporada e fechou a fase de classificação com 58 triunfos e 24 reveses, vencendo a disputa com o Boston Celtics pela segunda colocação da conferência Leste.

Nos playoffs, a equipe eliminou o Philadelphia 76ers nas quartas de final de conferência em cinco partidas. Logo após, passou pelo Celtics também em cinco partidas. O dono da melhor campanha da liga, Chicago Bulls, foi o obstáculo ultrapassado por uma vaga na decisão .

“É uma enorme satisfação estar aqui”, afirmou James. “Mas ainda temos muito trabalho a fazer. Esta pós-temporada tem sido uma grande jornada. Jogamos contra três grandes times. E nós queremos mais”.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.