Astros do Miami Heat revelam que ficaram "lisonjeados" com a proposta do Bulls e quase optaram por assinar com a equipe

Antes do início da temporada, quando eram agentes livres e tinham o futuro indefinido, Dwyane Wade e LeBron James resolveram unir forças para aumentarem as chances de conquistar o título. Os dois assinaram contrato com o Miami Heat, que disputa a final da Conferência Leste contra o Chicago Bulls. Mas admitiram que por muito pouco não vestiram a camisa do rival.

Natural de Chicago, Wade afirmou que por dois dias acordou pensando que se tornaria atleta do Bulls. Disse ter ficado lisonjeado com a proposta e bastante tentado a assinar com a franquia.

“Cresci na cidade e cresci com o sonho de virar jogador assistindo o Chicago Bulls jogar”, contou Wade, que elogiou a reunião que teve com a direção da equipe no período de negociação. “Eles fizeram uma ótima apresentação, era uma ótima oportunidade pra mim. Mas eu senti que a oportunidade de ficar em Miami era melhor”.

O mesmo aconteceu com LeBron. O astro, eleito melhor jogador da NBA em 2009 e 2010, revelou que também houve dias em que acordou imaginando vestir a camisa do Chicago na atual temporada.

“Acredito que foram duas manhãs que levantei pensando em jogar no Bulls, mas no fim das contas acabei resolvendo vir a Miami”, afirmou LeBron, que também deixou a reunião com a direção do time de Illinois com impressões bastante positivas. “Fiquei lisonjeado. Foi um ótimo encontro, ainda mais sabendo de toda a história da franquia. Eles disseram coisas muito boas, mas acabei sentindo que o Heat representava uma melhor oportunidade para mim de ganhar o título”.

Heat e Bulls começam a decidir o título da Conferência Leste e a vaga na grande final da temporada 2010/11 neste domingo. O primeiro jogo da série será disputado em Chicago.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.