Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Leandrinho tem atuação apagada na derrota do Toronto para o Miami

Brasileiro demonstrou falta de pontaria nos arremessos e fez apenas cinco pontos. Chris Bosh reencontrou torcida do seu ex-time

iG São Paulo |

Com atuação apagada de Leandrinho Barbosa, o Toronto Raptors foi superado dentro de casa nesta quarta-feira pelo Miami Heat pelo placar de 103 a 95. O ala-armador brasileiro acertou apenas um arremesso em seis tentados. Anotou cinco pontos e deu quatro assistências.

A partida marcou a primeira visita de Chris Bosh a Toronto desde que assinou como agente livre com o Miami. O ala-pivô, que foi recebido com bastante hostilidade pela torcida da ex-equipe, fez 25 pontos e pegou seis rebotes.

Os outros dois astros do time da Flórida tiveram atuação ainda mais impressionante. O ala-armador Dwyane Wade somou 28 pontos e sete rebotes. Já o ala LeBron James ficou próximo do “triple-double” com os 23 pontos, 13 rebotes e oito assistências que registrou.

Apesar de derrotado, o pivô italiano Andrea Barngani deixou a quadra como cestinha do jogo ao marcar 38 pontos – acertou cinco bolas de três pontos em seis tentativas. Quem também apareceu bem pelo Toronto foi o ala-armador DeMar DeRozan, com 24 pontos e quatro rebotes. Já o armador Jose Calderon se destacou nas assistências: foram 14 passes decisivos do espanhol.

Incentivado pelo entusiasmo da sua torcida, o Toronto largou na frente com duas bolas de longa distância, convertidas por Andrea Bargnani e Jose Calderon. Mas o Miami passou dois pontos à frente (29 a 27) no final do primeiro quarto, após uma cesta de LeBron James nos últimos segundos.

Apesar de a liderança não ter mais escapado das mãos do Heat pelo restante do confronto, o Raptors não deu moleza e manteve-se próximo no marcador o tempo todo. Sempre que o time da Flórida ameaçava abrir vantagem folgada, os mandantes respondiam imediatamente e voltavam a igualar as ações.

A cesta seguida de um lance livre certeiro de Dwyane Wade com cerca de oito minutos por jogar no terceiro período deu ao Miami 13 pontos de superioridade. Era a maior liderança da equipe na partida.

O Raptors continuou lutando durante o último quarto e chegou a ficar a apenas quatro pontos do empate (99 a 95) depois de uma bandeja de DeMar DeRozan, quando restava pouco mais de um minuto para o encerramento do confronto. No entanto, o Heat aproveitou as posses de bola nos momentos decisivos e confirmou a vitória.

Leia tudo sobre: miami heatnbatoronto raptors

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG