Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Leandrinho sonha com Londres e se coloca à disposição de Magnano

Greve da NBA segue indefnida e armador ainda não sabe se disputará o Sul-Americano do Chile pelo Fla

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

De volta ao basquete brasileiro após quase uma década atuando na NBA, Leandrinho vive uma montanha russa de emoções. Dividido entre a ansiedade pela estreia com a camisa do Flamengo, marcada para o dia 1º de outubro, contra o Boca Juniors, no Maracanãzinho, e a incerteza sobre o fim da greve na Liga Americana, o armador rubro-negro afirmou nesta terça-feira, por telefone, ao Portal iG, que apesar do pedido de dispensa do Pré-Olímpico de Mar Del Plata, na Argentina, ainda alimenta o sonho de disputar a Olimpíada de Londres no ano que vem.

“Independentemente de tudo que ocorreu comigo, estou muito feliz com a classificação do Brasil. Assisti a todos os jogos e torci muito pelos meus companheiros. Estou à disposição do Rúben Magnano. Meu sonho é estar nos Jogos Olímpicos de 2012”, afirmou Leandrinho, que promete não medir esforços para estar em Londres. “Se o Rúben quiser que eu limpe o chão, eu limpo”, brincou o armador.

Na chegada da Argentina, jogadores "dispensam" Nenê de Olimpíadas

Incomodado com as declarações do presidente da Confederação Brasileira de Basquete, Carlos Nunes, que defende a convocação apenas de Anderson Varejão, que passou por uma cirurgia, para os Jogos Olímpicos do ano que vem, Leandrinho recebeu com alegria a solidariedade de alguns companheiros durante o desembarque da Seleção, segunda-feira, em São Paulo, que manifestaram o desejo de contar com o armador do Flamengo em Londres.

“É chato eu não poder ter disputado o Pré-Olímpico com os meus companheiros, mas infelizmente aconteceu uma situação grave comigo. Já conversei com alguns jogadores que tenho mais contato, como o Spliter (Thiago), Guilherme, Alex, Machado (Marcelinho), e os parabenizei pela classificação”, explicou o jogador.

Basquete do Brasil volta às Olimpíadas depois de 16 anos

Mas não é somente a sua situação com a Seleção Brasileira que segue indefinida. Como os rumores da imprensa americana dão conta de que as negociações entre jogadores e dirigentes da NBA avançaram e que a Liga Americana de Basquete pode ter início em novembro, Leandrinho não sabe se poderá disputar o Sul-Americano pelo Flamengo, dias 3, 4 e 5 de novembro, no Chile.

“Acompanho as negociações pelos meus agentes. Segundo eles, os dirigentes da Liga estão preocupados com a saída de muitos atletas para outros países e querem chegar logo a uma definição. Gostaria que se arrastasse pelo menos até dezembro, para que eu possa disputar o Sul-Americano com a camisa do Flamengo. Estou me readaptando ao basquete brasileiro e seria importante para eu entrar em forma e adquirir ritmo de jogo para quando retornar à NBA”, disse o armador, que pertence ao Toronto Raptors e terá que se apresentar ao time canadense assim que o locaute da Liga Americana chegar ao fim.

 

Leia tudo sobre: BasqueteLondres 2012Flamengo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG