Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Leandrinho se lesiona na derrota do Toronto para o Detroit

Brasileiro sentiu contusão muscular na perna direita no final do primeiro tempo e não voltou mais para a sequência da partida

iG São Paulo |

A noite desta sexta-feira não foi nada boa para o Toronto Raptors, que foi superado fora de casa pelo Detroit Pistons por 101 a 95. Além disso, o brasileiro Leandrinho Barbosa sofreu uma lesão muscular na perna direita e é dúvida para os próximos compromissos da equipe.

Leandrinho sentiu a contusão quando restavam poucos segundos para o final do primeiro tempo e teve que deixar a quadra carregado, sem condições de caminhar por conta própria. Participou de apenas nove minutos do confronto e marcou somente dois pontos.

Cinco jogadores do Detroit tiveram pontuação de dois dígitos. O principal deles foi o ala-armador Tracy McGrady, que fez 22 pontos e deu cinco assistências. O ala-pivô Charlie Villanueva saiu do banco para contribuir com 16 pontos e oito rebotes. Já o pivô calouro Greg Monroe somou 12 pontos e sete rebotes.

Mesmo derrotado, o pivô italiano Andrea Bargnani foi o cestinha da noite com 31 pontos, além de ter apanhado nove rebotes. Outros dois estrangeiros se destacaram pelo Toronto. O armador espanhol Jose Calderon teve 11 pontos e 13 assistências e alcançou um “double-double”. O ala lituano Linas Kleiza, por sua vez, apareceu com 13 pontos e cinco rebotes.

AP
Andrea Bargnani luta pela posse de bola. Italiano foi o cestinha da partida

Os mandantes marcaram sete dos nove primeiros pontos da partida e largaram à frente na disputa, mas o Pistons não demorou para demonstrar reação. A cesta de longa distância de McGrady com pouco menos de quatro minutos por jogar no primeiro quarto deixou o placar favorável em 23 a 20 para a equipe local. Daí em diante, a liderança não mudou mais de lado no marcador.

A margem de distância do Detroit chegou a atingir os dois dígitos em determinados momentos do segundo quarto, mas o Raptors não deixou o oponente escapar e foi para o intervalo somente sete pontos atrás (61 a 54).

O Pistons abriu sua maior vantagem na metade do terceiro quarto. Após uma nova cesta de McGrady, colocou 15 pontos (78 a 63) de frente e dava sinais de que iria disparar no placar. Isso não aconteceu, pois o Toronto não se deu por vencido e voltou a encostar no adversário. Contudo, não teve forças para tirar a liderança das mãos do rival e saiu de quadra derrotado.

Leia tudo sobre: detroit pistonstoronto raptorsleandrinho barbosanba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG