Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Leandrinho faz boa partida, mas Toronto perde para o Lakers

Foram 17 pontos do brasileiro na partida, mas nada que impedisse a sexta vitória seguida dos atuais campeões

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861398007&_c_=MiGComponente_C

A grande noite de Leandrinho Barbosa e o domínio nos rebotes não foram suficientes para que o Toronto Raptors conseguisse acabar com a invencibilidade do Los Angeles Lakers. Os atuais campeões tiveram trabalho, mas ganharam por 108 a 103 e chegaram a seis vitórias na temporada.

O brasileiro saiu do banco e atuou por exatos 24 minutos e 48 segundos. Anotou 17 pontos, além de dois rebotes, duas assistências e dois roubos de bola. Nenhum outro jogador do Toronto teve pontuação maior.

O ala-pivô Amir Johnson também saiu do banco e se destacou pelo time canadense: somou 12 pontos e 15 rebotes. O ala-pivô titular, Reggie Evans, fez apenas três pontos, mas capturou 14 rebotes.

AP
Kobe Bryant tenta arremessar sobre a marcação de Andrea Bargnani

Quem conduziu o Lakers à vitória foi o ala-pivô Pau Gasol. O espanhol registrou mais uma boa atuação: 30 pontos, sete rebotes, três assistências e dois tocos. Kobe Bryant apareceu com 23 pontos, seis assistências e quatro rebotes.

Somados, os atletas da equipe californiana pegaram 31 rebotes, 18 a menos do que o Raptors. Por outro lado, forçou o oponente a mais erros no ataque: 21 no total, contra apenas 12 dos canadenses.

O Lakers abriu 33 a 20 no primeiro quarto e dava sinais de que venceria a partida sem grandes dificuldades. Mas Leandrinho anotou 15 dos seus 17 pontos no segundo período e comandou a recuperação do Toronto no confronto. Foi com uma cesta de três do brasileiro, no último lance da primeira metade, que deu aos visitantes a liderança por 58 a 55 no intervalo.

A liderança retornou para o lado dos mandantes depois de uma corrida de 15 pontos a três no final do terceiro quarto, comandada por Gasol e mais quatro reservas. O Lakers não permitiu uma nova virada do adversário pelo restante da partida, apesar de não ter conseguido abrir vantagem folgada.

Um lance livre do pivô Andrea Bargnani a 30 segundos do fim deixou o Raptors quatro pontos atrás (104 a 100), ainda com esperança de tomar a vitória do adversário. Mas Kobe e Gasol converteram seus lances livres nos ataques seguintes e sacramentaram o resultado.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG