Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Leandrinho anota 17 pontos na derrota do Toronto para o Houston

Raptors começou melhor a partida, mas permitiu a virada no segundo quarto e não conseguiu mais retomar a superioridade no marcador

iG São Paulo |

Leandrinho Barbosa teve uma boa atuação na noite desta sexta-feira, mas não conseguiu evitar a derrota fora de casa do Toronto Raptors para o Houston Rockets por 114 a 105.

O brasileiro saiu do banco e ficou em quadra por exatos 33:42 minutos. Acertou oito dos seus 13 arremessos e anotou 17 pontos. Somou ainda três assistências, dois rebotes e dois roubos.

Três jogadores do Toronto alcançaram “double-double”: o ala Linas Kleiza (17 pontos e 12 rebotes), o ala-pivô Amir Johnson (14 pontos e 11 rebotes) e o armador Jose Calderon (11 pontos e 11 assistências). Já o ala-armador DeMar DeRozan foi o cestinha do jogo com 37 pontos. Mas tudo isso não foi o suficiente para fazer a equipe canadense deixar a quadra com a vitória.

Os grandes destaques do Houston foram os reservas. Graças aos oito tiros convertidos em dez tentados, Chase Budinger marcou 22 pontos. Pegou ainda cinco rebotes e deu quatro assistências. O novato Patrick Patterson colaborou com 15 pontos e dez rebotes. Já o veterano Brad Miller somou 11 pontos, sete rebotes e seis assistências.

AP
Leandrinho teve boa atuação na derrota do Toronto

Os visitantes foram melhores no início da partida. A cesta de três pontos de Linas Kleiza no último segundo encerrou uma corrida de 17 a 4 do time canadense durante os cinco últimos minutos do primeiro quarto que deu ao Toronto 14 pontos de liderança (34 a 20).

Mas o Rockets assumiu o domínio total das ações do confronto em seguida. Bastante eficiente, o ataque produziu 42 pontos no segundo período – exatamente o dobro do Raptors, que fez 21.

Budinger saiu do banco e anotou 13 pontos neste quarto. Foi dele a cesta de três que definiu o placar ao final da primeira metade. Os mandantes foram para o intervalo vencendo por 62 a 55 e não estiveram mais em desvantagem no marcador pelo restante da noite.

Os 29 pontos de DeRozan durante os dois quartos finais fizeram com que o time canadense seguisse vivo na partida, sem perder o adversário de vista no marcador. Eram raros os momentos que a superioridade atingia os dois dígitos. Mas o Rockets não deixou a vitória escapar e comemorou o resultado positivo no final.

Leia tudo sobre: Toronto RaptorsHouston RocketsLeandrinho BarbosaNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG