Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Lakers visita Barack Obama em região carente de Washington

Encontro ocorreu para comemorar o título conquistado pelo time californiano na temporada passada

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882642787&_c_=MiGComponente_C

A delegação do Lakers foi recebida nesta segunda-feira pelo presidente Barack Obama. O encontro para celebrar o título do time californiano na temporada passada deu-se no Boys & Girls Club, que fica na região metropolitana de Washington.

Ao contrário do ano passado, quando o também campeão Lakers visitou Obama na Casa Branca, desta vez o evento se deu neste clube de uma região carente da capital norte-americana por conta do projeto NBA Cares.

Getty Images
Barack Obama e a delegação do Lakers nesta segunda-feira em Washington

Junto com 20 crianças da comunidade, os jogadores do Lakers ajudaram-nas a escrever cartas e fazer pacotes para enviar para soldados feridos e que se encontram no Walter Reed Hospital.

Obama brincou com Kobe Bryant e Derek Fisher. Disse que eles já estiveram tantas vezes na Casa Branca por causa dos títulos conquistados (cinco ao todo) que os dois, mais Phil Jackson, 11 vezes campeão, poderiam fazer a visita pelo local sem a necessidade de um guia.

E cutucou Jackson e os dois jogadores dizendo que eles ainda estão um título atrás do Chicago. Kobe e Fisher que têm cinco e Jackson que conquistou seis em Chicago e cinco em Los Angeles. Não por muito tempo, respondeu Kobe ao presidente. E ambos caíram na gargalhada.

Brincadeiras à parte, Obama declarou: Eu quero felicitar o Lakers por ser uma franquia excepcional na história esportiva do nosso país.

P-Jax, como é conhecido o treinador do Lakers, disse que trocou algumas palavras com Obama antes da cerimônia oficial. "Dei os parabéns a ele por seu último compromisso. Disse que ele acertou uma cesta de três pontos desta vez".

Jackson estava se referindo aos cortes de impostos que Obama propôs.

Getty Images
Phil Jackson, Barack Obama e Ron Artest com crianças do Boys & Girls Club

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG