Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Lakers vence o New Orleans em noite histórica de Kobe Bryant

Com 25 pontos anotados, o craque do time californiano passou Oscar Robertson e tornou-se o nono maior cestinha da história da NBA

iG São Paulo |

O Los Angeles Lakers conquistou seu terceiro triunfo consecutivo. Nesta sexta-feira, venceu dentro do seu ginásio o New Orleans Hornets por 101 a 97. E quem compareceu ao Staples Center, testemunhou uma noite especial de Kobe Bryant.

O craque do time californiano foi o cestinha do confronto ao anotar 25 pontos. Com esta pontuação, assumiu a nona colocação na lista dos maiores cestinhas da história da NBA, posto que antes pertencia ao lendário armador Oscar Robertson.

O ala-pivô Pau Gasol também apareceu com destaque pelo Lakers. O espanhol marcou 21 pontos, pegou 13 rebotes e deu sete assistências. Já o ala Lamar Odom teve mais uma boa atuação vindo do banco: somou 17 pontos e 13 rebotes.

Três jogadores do New Orleans fizeram “double-double”. O ala-pivô David West anotou 23 pontos e apanhou 12 rebotes. Seu companheiro de garrafão, o pivô Emeka Okafor, apareceu com 13 pontos e 13 assistências. O armador Chris Paul, por sua vez, fez 12 pontos e dez assistências.

Getty Images
Caído no chão, Chris Paul apenas observa arremesso de Kobe Bryant
O primeiro quarto mostrou bastante equilíbrio, tanto que eram raros os momentos em que um time conseguia se distanciar por mais de uma posse de bola em relação ao adversário. Um lance livre de Gasol e uma bandeja do reserva Shannon Brown deram ao Lakers três pontos de liderança (27 a 24) ao final do período.

Os atuais campeões seguiram no comando da partida pelo decorrer da primeira metade. Em determinados momentos, ameaçavam disparar no placar. Mas sempre que isso acontecia, o Hornets reagia imediatamente, não permitindo que a desvantagem chegasse ao dígito duplo. Cinco pontos separavam os visitantes do empate no intervalo (51 a 46).

O New Orleans passou à frente na metade do terceiro quarto, após uma cesta de três do italiano Marco Belinelli que encerrou uma sequência de oito pontos consecutivos da equipe. Mas o Lakers anotou 15 dos 19 últimos pontos do período e abriu 80 a 71 no placar.

Durante os 12 minutos finais, o Hornets tentou uma perseguição e manteve-se na cola do seu oponente durante o tempo todo. No entanto, não conseguiu voltar a assumir a liderança e foi incapaz de impedir o quarto revés consecutivo diante do Lakers em partidas disputadas em Los Angeles.

Leia tudo sobre: Los Angeles LAkersKobe BryantNew Orleans HornetsNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG