Equipe não perde do Timberwolves há 15 jogos. Phoenis e Philadelphia também ganham seus jogos

O Los Angeles Lakers recebeu a visita do Minnesota Timberwolves nesta sexta-feira e, apesar de encontrar dificuldades, despachou o adversário por 106 a 98. O resultado, além de estender para 15 o número de vitórias consecutivas em jogos contra a franquia de Minneapolis, faz com que os atuais campeões assumam a vice-liderança da Conferência Oeste.

Getty Images
Kobe, que era dúvida, foi um dos destaques
O técnico Phil Jackson chegou a cogitar a ideia de poupar Kobe Bryant para este jogo, mas acabou o escalando. O craque do Lakers marcou 18 pontos, deu cinco assistências e pegou quatro rebotes. Mas o ponto alto da equipe ficou por conta da dupla de garrafão: Pau Gasol anotou 25 pontos, enquanto Andrew Bynum somou dez pontos e 14 rebotes.

Pelo Minnesota, o ala-pivô Kevin Love adicionou mais um “double-double” para a sua coleção com os 15 pontos e 13 rebotes que teve nesta noite. Mas o principal jogador do time visitante foi o ala-armador Wesley Johnson, cestinha do confronto com 29 pontos.

A maioria dos pontos de Johnson foi anotada no começo do jogo. Contando com 14 pontos do calouro, o Timberwolves venceu o primeiro quarto por 27 a 21. No entanto, permitiu uma aproximação do Lakers, que empatou o jogo em 49 pontos nos segundos finais da metade inicial. Mas antes que a sirene soasse anunciando o intervalo, Love fez uma cesta e deu aos mandantes a superioridade no placar por 51 a 49.

Quem imaginou que o Minnesota não teria força para continuar jogando em condições de igualdade com o adversário, enganou-se. A partida seguiu equilibrada durante toda a segunda metade, com trocas constantes na ponta do marcador.

Johnson fez uma cesta com pouco menos de quatro minutos para o final do jogo. Naquele momento, o Minnesota vencia por 94 a 93. Mas faltou à equipe poder de decisão: até o desfecho do duelo, o Lakers anotou 13 pontos, sofreu apenas quatro e assegurou o décimo triunfo em 11 jogos.

Phoenix passa pelo Golden State

Depois de ter perdido seus quatro últimos compromissos, o Phoenix Suns voltou a vencer. Nesta sexta-feira, bateu o Golden State Warriors dentro de casa por 108 a 97.

O armador Steve Nash foi o destaque da equipe do Arizona ao fazer 17 pontos e distribuir dez assistências. Além dele, os alas Grant Hill e Channing Frye também anotaram 17 pontos. Hill ainda pegou nove rebotes.

O ala Dorrell Wright marcou 30 pontos e foi o cestinha da noite, mas não conseguiu evitar a derrota do Golden State. O ala-pivô David Lee também apareceu bem pelos visitantes ao somar 16 pontos e dez rebotes.

Philadelphia atropela Sacramento

Mesmo longe de seus domínios, o Philadelphia 76ers somou mais uma vitória na temporada com muita facilidade. A equipe foi à Califórnia e ganhou do Sacramento Kings por 102 a 80.

Com 15 pontos, nove rebotes, cinco assistências e quatro roubos de bola, o armador Jrue Holiday foi o principal destaque do Philadelphia. Pelo Sacramento, quem melhor apareceu foi o ala-pivô claouro DeMarcus Cousins, que somou 19 pontos e 12 rebotes.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.