Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Lakers perde do Memphis e chega a três partidas sem vitória

Toco de Rudy Gay em Ron Artest no estouro do cronômetro confirmou triunfo do Grizzlies sobre os atuais campeões

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854365611&_c_=MiGComponente_C

O Memphis Grizzlies recebeu a visita do Los Angeles Lakers e impôs a terceira derrota consecutiva do rival. Um toco de Rudy Gay numa tentativa de arremesso de três pontos de Ron Artest no último segundo garantiu a vitória dos mandantes por 98 a 96.

O toco decisivo foi o último dos seis que Gay deu durante o jogo. O ala ainda anotou 14 pontos e pegou cinco rebotes pelo Memphis. Mas o grande destaque da equipe foi o armador Mike Conley, que acertou dez dos 13 arremessos que tentou e fez 28 pontos.

AP
Kobe Bryant tenta passar pela marcação de Tony Allen e Zach Randolph

Conley só não foi o cestinha da partida porque Kobe Bryant teve um ponto a mais. Foram 29 do craque do Lakers durante a partida, além dos sete rebotes e cinco assistências. Já o ala-pivô espanhol Pau Gasol registrou um double-double: 15 pontos e 14 rebotes.

O equilíbrio deu o tom à partida durante todos os seus 48 minutos. Foram 17 mudanças na liderança do marcador, que ficou empatado em 13 oportunidades. O primeiro quarto terminou empatado em 27 pontos. O Grizzlies conseguiu ir para os vestiários vencendo, mas a vantagem era de apenas dois pontos (51 a 49).

Depois de se manter em superioridade durante o terceiro quarto, o Memphis abriu 13 pontos (78 a 65). Isso aconteceu com exatos 10:46 restantes para o fim do jogo, após dois lances livres convertidos pelo reserva Sam Young. O Lakers reagiu e voltou a equilibrar a partida.

Uma bandeja de Kobe cortou a desvantagem dos atuais campeões para apenas dois pontos (98 a 96), restando 28 segundos no relógio. Em seguida, Gasol interceptou um passe errado de Conley e devolveu a posse de bola para o Lakers. A bola caiu nas mãos de Artest para o arremesso final. Mas o tiro de longa distância do ala, que poderia cravar a virada dos visitantes, foi bloqueado por Gay, herói do triunfo do Grizzlies.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG