Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Lakers humilha o Cleveland por 55 pontos de diferença

Os 57 anotados pelo Cavs na partida representam a menor pontuação de um time em confrontos diante do Lakers na história da NBA

iG São Paulo |

O Los Angeles Lakers humilhou o Cleveland Cavaliers nesta terça-feira. Jogando dentro do seu ginásio, venceu por 112 a 57 e chegou à sua quinta vitória consecutiva em grande estilo.

O Cavs acertou apenas 29,9% dos seus arremessos. O pífio desempenho ofensivo desta noite fez com que a equipe entrasse para a história da NBA de maneira negativa. Isso porque os 57 pontos anotados no confronto representam a menor pontuação que uma equipe registrou em jogos contra o Lakers.

Os mandantes tiveram pontuação muito bem distribuída entre seus jogadores. Os cestinhas da partida foram o ala Ron Artest e o pivô Andrew Bynum, com 15 pontos cada. O ala-pivô Pau Gasol somou 13 pontos e 14 rebotes. Já o craque Kobe Bryant teve os mesmos 13 pontos e distribuiu oito assistências.

O Cleveland, que sofreu a sua 11ª derrota consecutiva, entrou em quadra bastante desfalcado. Além de Anderson Varejão, que está fora pelo restante da temporada, outros quatro jogadores ficaram impossibilitados de jogar: o armador Daniel Gibson, o ala-armador Anthony Parker, o ala Joey Graham e o ala-pivô Leon Powe.

Getty Images
Pau Gasol enterra para o Lakers na vitória sobre o Cavaliers na NBA
Os dois únicos atletas do Cavs que atingiram dois dígitos de pontuação vieram do banco. O ala Alonzo Gee fez 12 pontos e apanhou oito rebotes, ao passo que o armador Ramon Sessions marcou dez pontos e deu quatro assistências.

O Lakers sinalizou que venceria o jogo sem dificuldades logo no começo, quando anotou 13 dos 15 primeiros pontos da disputa. Daí em diante, o Cleveland viu os mandantes abrirem distância cada vez maior no marcador. Foi para o intervalo perdendo por 27 pontos (52 a 25), diferença superior ao número de pontos que a equipe anotou na primeira metade.

A situação dos visitantes ficou ainda mais constrangedora quando o Lakers abriu o terceiro quarto com uma corrida de 22 pontos a dois. Tudo parecia dar certo para os atuais campeões nesta noite. O arremesso certeiro no último segundo que Shannon Brown arriscou do meio da quadra levou a vantagem do time para a casa das cinco dezenas (92 a 41).

Os 12 minutos finais serviram apenas para que os reservas colocados em quadra pelos dois treinadores jogassem por um tempo um pouco maior do que costumam atuar. O ataque do Cleveland, que mostrou-se muito frágil durante todo o confronto, anotou somente 16 pontos no último período e não conseguiu evitar o recorde negativo.

Leia tudo sobre: los angeles lakerscleveland cavaliersnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG