Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Lakers é surpreendido pelo Sacramento em Los Angeles

Kobe assumiu a oitava colocação na lista dos maiores pontuadores da NBA, mas apagão de 24 minutos da equipe estragou a noite

iG São Paulo |

O Los Angeles Lakers recebeu o Sacramento Kings nesta sexta-feira e foi surpreendido. A equipe angelina acabou derrotada por 100 a 95.

Foi uma noite de recorde para o astro do Lakers Kobe Bryant. Ele anotou 38 pontos e assumiu a oitava colocação da lista dos maiores pontuadores da NBA. Agora “Black Mamba” tem 26.972 contra 26.946 de Hakeem Olajuwon. O sétimo lugar é Elvin Hayes com 27.313.

O segundo cestinha do Los Angeles foi Shannon Brown, que saiu do banco para anotar 17 pontos. Andrew Bynum com 12 pontos e Pau Gasol com 11 rebotes fora os únicos outros a atingirem dois dígitos em qualquer quesito.

Um fator decisivo para a derrota do Lakers foi o aproveitamento dos arremessos. Enquanto a equipe californiana converteu 33 de 80 (41,3%), o Kings acertou 42 de 82 (51,2%).

DeMarcus Cousin aproveitou 11 dos seus 19 chutes e anotou 27 pontos. O ala-pivô ainda pegou dez rebotes. Omri Casspi contribuiu com 20 pontos e oito rebotes. Carl Landry chegou ao “double-double” com 12 pontos e dez rebotes e Samuel Dalembert fez 18 pontos.

Com a vitória, o Sacramento chegou a três nas últimas dez partidas e ainda é o vice-lanterna da Conferência Oeste. O Lakers, por sua vez, mesmo com a derrota mantém a vice-liderança do Oeste.

Kobe anotou 21 dos seus pontos no primeiro quarto e deu a impressão de que o público no Staples Center iria ver mais uma vitória dos atuais campeões; apenas a impressão. Mesmo com a grande atuação do astro, a equipe abriu apenas três pontos de vantagem no período: 33 a 30.

No quarto seguinte a equipe angelina sofreu um apagão e deixou Sacramento virar o jogo e abrir quatro pontos de vantagem: 59 a 55. A conversa nos vestiários de nada adiantou para os anfitriões. Com muitos erros, o time deixou a diferença subir para 15 pontos e foi para os últimos 12 minutos correndo contra o relógio.

Com pressa para se recuperar no jogo o Lakers mostrou espasmos de um atual campeão e chegou a tirar nove pontos da vantagem, mas não ameaçou a vitória adversária.
 

Leia tudo sobre: NBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG