Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Lakers busca feito raro para reverter desvantagem contra o Dallas

Na história dos playoffs, apenas três times viraram uma série depois de terem perdido dentro de casa os dois primeiros confrontos

Luís Araújo, iG São Paulo |

A situação do Los Angeles Lakers nas semifinais da Conferência Oeste é bastante delicada. A derrota sofrida nesta quarta-feira por 93 a 81 ampliou a vantagem do Dallas Mavericks, que agora vence a série por 2 a 0. E os texanos podem garantir classificação nos dois próximos compromissos, se aproveitarem o mando de quadra.

Caso reverta o quadro e mantenha vivo o sonho de ser campeão pelo terceiro ano consecutivo, o Lakers vai protagonizar um feito impressionante. É bem raro uma equipe vencer uma série de playoffs depois de ter sido derrotada dentro de casa nas duas primeiras partidas. Isso só aconteceu na história da NBA em apenas três oportunidades.

Este feito foi registrado pela primeira vez em 1969, através do próprio Lakers. A equipe contava astros como Elgin Baylor, Jerry West e Wilt Chamberlain – três dos melhores jogadores que já passaram pela liga. Nas duas partidas inaugurais dos mata-matas, perdeu do San Francisco Warriors (atual Golden State Warriors) em Los Angeles.

Mas o Lakers foi dominante no restante da série. Venceu todos os quatro jogos seguintes, sendo três deles disputados em San Francisco, e conquistou a classificação.

Motivados pela virada, os californianos seguiram avançando nos playoffs. Só foram parados na decisão, quando caíram diante do Boston Celtics em uma das finais mais equilibradas de todos os tempos, decidida apenas nos últimos segundos do sétimo jogo.

Apesar da derrota, Jerry West ficou com o prêmio de MVP das finais. Foi a única vez que um atleta ganhou o troféu sem ter se sagrado campeão.

A trajetória do Houston Rockets 25 anos mais tarde foi bastante parecida. O time bateu o Portland Trail Blazers sem maiores problemas na primeira rodada dos playoffs de 1994, mas viu-se em grande desvantagem na fase seguinte quando perdeu dentro de casa os dois primeiros confrontos da série contra o Phoenix Suns, vice-campeão da temporada anterior.

Comandado pelo pivô Hakeem Olajuwon, outro nome que consta na lista dos grandes jogadores da história do basquete, o Houston deu o troco e venceu os dois jogos seguintes, realizados no ginásio do rival. A série foi definida apenas no sétimo duelo, com o time texano levando a melhor.

A virada motivou o Rockets, que atropelou o Utah Jazz nas finais do Oeste e conquistou o seu primeiro título ao superar o New York Knicks na grande decisão.

Getty Images
Sob a regência de Hakeem Olajuwon, Houston Rockets virou a série contra o Phoenix Suns em 1994
O exemplo mais recente de time que avançou nos playoffs depois de ter sido superado como mandante nos dois compromissos iniciais da série foi o Dallas Mavericks em 2005.

Contando com boa atuação da dupla Tracy McGrady e Yao Ming, o Houston foi superior em Dallas e saiu da casa do rival com 2 a 0 favoráveis na primeira fase dos playoffs daquele ano. Mas não conseguiu mostrar como mandante a mesma força demonstrada na estrada e permitiu que o Mavericks chegasse ao empate.

Depois disso, não houve mais vitórias de visitantes na série. Por ter feito melhor campanha na temporada regular, o Dallas teve direito de jogar o sétimo confronto no seu ginásio e aplicou um massacre: 116 a 76. A vitória por 40 pontos de diferença deu a classificação à equipe, que seria eliminada logo na fase seguinte pelo Phoenix.

Dirk Nowitzki e Jason Terry são os dois únicos atletas remanescentes do Dallas de 2005. Seis anos depois daquela virada, têm a missão de fazer o time confirmar o favoritismo adquirido após vencer em Los Angeles os dois primeiros jogos da série e assegurar a vaga na final do Oeste.

Ao Lakers, resta a inspiração destes três casos registrados nos anais da NBA. O primeiro passo para que a reviravolta ocorra terá que ser dado no terceiro jogo da série, que será realizado na sexta-feira.

Leia tudo sobre: los angeles lakersnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG