Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Kobe diz que título desta temporada será para Phil Jackson

Jogador quer conquistar o campeonato em homenagem ao treinador, que reiterou na quinta-feira que abandona a carreira

iG São Paulo |

Phil Jackson reiterou na última quinta-feira o que todos já sabem: aposenta-se ao final desta temporada. Nenhuma novidade.

Kobe Bryant, capitão e principal jogador do Lakers, no entanto, disse nesta sexta-feira que quer transformar a despedida de Jackson em algo positivo: a conquista de mais um título de campeão da NBA.

Com isso, Kobe disse que quer fazer de P-Jax, como é chamado o treinador, um vencedor inquestionável na maior liga de basquete do planeta. Jackson é o técnico que mais títulos conquistou na história da NBA. Foram 11 ao longo de 19 campeonatos disputados como treinador — nove deles no Chicago Bulls, onde ganhou seis troféus.

Muitos analistas nos EUA, todavia, consideram Red Auerbach, o comandante da dinastia do Boston Celtics nos anos 1950 e 60, o maior treinador de todos os tempos. Auerbach conquistou nove troféus em 16 temporadas com o Boston e vem na segunda posição.

“Estamos juntos há muito tempo”, disse Kobe, referindo-se aos 11 anos em que estão lado a lado, cinco deles como campeões da NBA. “Vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance (para conquistar mais um campeonato)”.

O tom de nostalgia no discurso de Kobe pôde ser notado pelos jornalistas que o entrevistaram após o treino da manhã desta sexta-feira. “Vai ser um dia triste”, afirmou o ala-armador do Lakers referindo-se ao último dia de trabalho de Jackson com o Lakers. “Mas tenho certeza de que ainda continuaremos juntos e vamos pescar em algum lugar”, complementou Kobe, falando sobre o hobby favorito de P-Jax.

O relacionamento entre ambos, hoje em dia, é excelente. Mas quando Phil Jackson deixou o Lakers ao final da temporada 2003/04, quando o time perdeu a final da NBA para o Detroit Pistons, o treinador escreveu um livro chamado “The Last Season” (A Última Temporada, sem tradução para o português) no qual criticou Kobe, chamando-o de “uncoachable”. Ou seja: jogador difícil de ser treinado.

O tempo passou, Kobe amadureceu e os dois formam, hoje em dia, a melhor dupla técnico-jogador da NBA. Seus dias, no entanto, estão contados.

 

Leia tudo sobre: Kobe BryantPhil JacksonLos Angeles LakersNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG