Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Kobe Bryant brilha, e Lakers segue invencível na temporada

Craque teve 30 pontos, 12 assistências e dez rebotes; com o triple-double, liderou a equipe à quinta vitória consecutiva

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861856401&_c_=MiGComponente_C

O Los Angeles Lakers chegou à quinta vitória consecutiva na temporada. Os atuais campeões foram a Sacramento, bateram o Kings por 112 a 100 e mantiveram a invencibilidade.

Kobe Bryant registrou um "triple-double" e liderou o Lakers à vitória. O craque foi o cestinha da noite com 30 pontos, além de ainda ter distribuído 12 assistências e dez rebotes.

AP
Kobe tenta se livrar de Tyreke Evans; armador fez um "triple-double"

Mais uma vez, a dupla de garrafão da equipe de Los Angeles teve boa participação no resultado. Pau Gasol teve 22 pontos e 11 rebotes, enquanto Lamar Odom contribuiu com 18 pontos e oito rebotes.

No Sacramento, destaque para o jovem armador Tyreke Evans, com 21 pontos. Já o armador Beno Udrih, o ala-armador Francisco Garcia e o ala Carl Landry fizeram 17 pontos cada.

Houve muito equilíbrio entre os times na primeira metade. Após dois lances livres de Garcia, a sete minutos do intervalo, o Kings vencia por 45 a 42. Mas a defesa do Lakers ficou quase seis minutos sem sofrer cestas de quadra, o que permitiu a virada. Os atuais campeões foram para os vestiários liderando por 62 a 53, depois de uma bandeja de Matt Barnes no estouro do cronômetro.

O time da casa seguiu dando esperanças à sua torcida quando uma cesta de Evans cortou a desvantagem para seis pontos no terceiro quarto. Mas o Lakers respondeu com uma corrida de 13 pontos a um e, enfim, abriu distância confortável.

Tudo indicava que Phil Jackson conseguiria descansar os titulares no fim, a exemplo do que pôde fazer nas últimas partidas. Mas o Sacramento, mais uma vez, reagiu. A bandeja de Evans com pouco menos de quatro minutos restantes baixou a diferença para sete pontos (99 a 92).

A exemplo do que já tinha acontecido anteriormente, a resposta do Lakers foi imediata: Derek Fisher liderou uma corrida de 11 pontos a dois que voltou a levar a superioridade para a casa dos dois dígitos e decidiu o jogo em favor dos visitantes.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG