Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Knicks leva a melhor sobre o Indiana em briga direta no leste

Equipe de New York voltou a vencer após duas derrotas e manteve boa folga sobre o rival na briga pela sexta colocação

iG São Paulo |

O New York Knicks voltou a vencer. Após duas derrotas consecutivas, a equipe fez um duelo equilibrado com o Indiana Pacers, mas fez valer o fator casa no final para superar o rival por 98 a 92.

Embora não tivesse condições de ultrapassar o rival nesta rodada, o Pacers entrou em quadra motivado pela briga direta por posição na Conferência Leste. O time de Indiana aparece em sétimo enquanto o Knicks é o sexto.

Com a vitória na tarde deste domingo, o time de New York aumentou a vantagem em relação ao rival de Indiana para quatro jogos. O Knicks soma 19 triunfos em 33 partidas. Já o Pacers tem 14 resultados positivos em seus 32 jogos.

Para vencer, o Knicks contou com boa atuação de Amar'e Stoudemire. O jogador foi o cestinha do jogo com 26 pontos. Pelo lado do Pacers destaque para atuação de Danny Granger. Foram 25 pontos e 17 rebotes para o atleta.

AP
Amar'e Stoudemire tenta a jogada cercado pela defesa do Indiana Pacers

Outra chave para a vitória do Knicks foi a atuação defensiva de Ronny Turiaf. O jogador protagonizou seis dos 12 bloqueios da equipe na partida. O Pacers conseguiu apenas quatro.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa o Indiana Pacers dominou as ações no primeiro período. Com Danny Granger inspirado (dois acertos em bolas de três e dez pontos marcados) e domínio no garrafão (16 a 12 nos rebotes), a equipe venceu a primeira parcial por 32 a 30.

O controle por parte do Pacers desapareceu no começo do segundo quarto. O Knicks melhorou na defesa. Ronny Turiaf entrou e colaborou com quatro bloqueios e uma roubada de bola para a virada do New York.

O Knicks chegou a manter seis pontos de vantagem. No entanto, Granger voltou a aparecer. O jogador chegou ao "double-double" já no primeiro tempo. Com 19 pontos e dez rebotes do atleta, a equipe conseguiu o empate em 55 antes do intervalo.

As equipes voltaram dos vestiários mais equilibradas na defesa. O jogo seguiu equilibrado no terceiro período. O Knicks levou ligeira vantagem na parcial e entrou no quarto decisivo da partida com dois pontos de vantagem (79 a 77).

O jogo continuou com vantagens apertadas no quarto período. Nenhuma das equipes teve folga superior a quatro tentos até faltarem quatro minutos para o final da partida. Com duas cestas de três pontos para cada lado, a partida ficou empatada em 90.

Com quatro tentos de Amar'e Stoudemire e um de Raymond Felton, o Knicks abriu a inédita vantagem de cinco pontos na parcial e obrigou o treinador do time de Indiana a parar o jogo.

O pedido de tempo não surtiu o efeito desejado e o Knicks conseguiu controlar a vantagem nos segundos finais.
 

Leia tudo sobre: Amar'e StoudemireNew York Knicks

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG