Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Kevin Durant avisa: "Não há nada acabado ainda"

Ala do Oklahoma City acredita no poder de reação da equipe e atribui virada sofrida no fim à defesa imposta pelo Dallas

iG São Paulo |

O Oklahoma City Thunder encontra-se em situação delicada. Após a derrota dentro de casa nesta segunda-feira por 112 a 107 , a equipe perde a série melhor de sete jogos contra o Dallas Mavericks por 3 a 1. Para evitar a eliminação, precisa vencer os três próximos compromissos – sendo que dois deles seriam realizados na casa do rival.

Kevin Durant está ciente da missão complicada que o Thunder tem pela frente, mas se recusa a jogar a toalha. “Temos de manter o pensamento positivo, não há nada acabado ainda”, disse o ala, após ter deixado a quadra com 29 pontos e 15 rebotes na partida. “Temos um jogo na quarta em Dallas. Já vencemos lá antes, tentaremos ganhar novamente”.

Ao converter uma cesta de três pontos quando restavam cinco minutos para o fim, Durant estendeu a liderança do Thunder, que vencia naquele momento por 99 a 84. Mas o Mavericks conseguiu o que parecia pouco provável: apagou os 15 pontos de diferença, empatou o jogo e venceu na prorrogação.

A sucessão de desperdícios de posse de bola foi o maior defeito do Oklahoma City no jogo. Durant não concorda com quem relaciona o ocorrido à inexperiência do elenco da sua equipe. Prefere dar credito à defesa bastante eficiente imposta pelo adversário.

“Nossa juventude não tem nada a ver com o que fazemos em quadra”, afirmou. “Nós já mostramos que podemos jogar em alto nível. Eles foram bem na defesa e nós erramos arremessos. A juventude não teve nada a ver com isso”.

O técnico Scott Brooks declarou que o revés sofrido nesta segunda é muito doloroso, mas que é necessário que os erros apresentados pela equipe na partida sirvam de lição para a sequência da disputa.

“É uma derrota e nós devemos aprender com ela”, comentou Brooks. “Acho que nós jogamos duro, do jeito que deveríamos. Eles fizeram um jogo físico e desafiaram nossos arremessos. Tivemos dificuldades para executar as jogadas no fim e sofremos com os desperdícios ofensivos durante todo o jogo. Foram 25 erros nesta noite. Assim, fica difícil bater um time bom como o Dallas”.

Leia tudo sobre: NBAPlayoffsOklahoma City ThunderDallas Mavericks

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG